IGREJA APOSTÓLICA VIDA ABUNDANTE

IGREJA APOSTÓLICA VIDA ABUNDANTE
2017 Ano da Paternidade

domingo, 19 de junho de 2016

Faleceu o pastor Joide Miranda, ex-travesti que conheceu o Evangelho

O pastor Joide Miranda, ex-travesti, faleceu no último domingo, 12 de junho, em Cuiabá (MT), vítima de uma parada cardíaca decorrente de um problema no fígado. Ele estava internado no Hospital Santa Rosa há 20 dias. Ele deixou esposa e um filho.
Joide se tornou nacionalmente conhecido em 2012, durante a batalha contra a aprovação do PLC 122, que previa sanções a igrejas e pastores que pregassem a visão cristã sobre a homossexualidade.
No mesmo ano, ele contou seu testemunho no extinto programa “Fala, Malafaia”, e sua história de vida passou a ser uma demonstração do poder do Evangelho.
Em uma entrevista ao portal iG, destacou que a “homossexualidade é uma conduta aprendida”, frisando que, mesmo com toda a complexidade do assunto e das consequências das escolhas que ele havia feito no passado, Deus havia “restaurado sua identidade”.
Firme no que acreditava, denunciou um consenso internacional para que a homossexualidade seja tratada de forma indiferente nas questões relacionadas à saúde: “A Organização Mundial da Saúde decretou que homossexualidade não é doença, mas, na verdade, eu sofri um transtorno egodistônico. Isso estava na Classificação Internacional de Doenças (CID) da psicologia, mas foi retirado. Precisei passar por uma psicóloga que conhecia e era evangélica. Hoje, se um indivíduo procurar uma clínica e disser que sofre de um transtorno egodistônico de sua identidade sexual, o profissional está proibido de atender. Existem muitas pessoas com esse tipo de transtorno que não querem vivenciar essa vida e sofrem”, lamentou.
Segundo a família do pastor Joide, o velório foi realizado às 19h00 de ontem no templo da Igreja Batista Nacional Peniel, no bairro Morada do Ouro, onde ele era membro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário