IGREJA APOSTÓLICA VIDA ABUNDANTE

IGREJA APOSTÓLICA VIDA ABUNDANTE
2017 Ano da Paternidade

domingo, 19 de junho de 2016

NOVA DATA PARA A FESTA DE SHAVOUT 2016

ATENÇÃO A FESTA DE SHAVOUT FOI ANTECIPADA PARA O PRÓXIMO DIA 10/07 - SE LIGA AI!

Donald Trump explica quem é Jesus Cristo para ele: “Alguém em quem posso confiar”

O bilionário Donald Trump, pré-candidato do Partido Republicano às eleições presidenciais dos Estados Unidos, foi questionado sobre quem é Jesus para ele, e não fugiu à resposta, alinhando sua visão sobre o Filho de Deus com suas propostas para o país.
“Jesus para mim é alguém que eu posso pensar com segurança e confiança. Alguém que eu possa reverenciar em termos de bravura e em termos de coragem e, porque considero a religião cristã muito importante, alguém que eu possa confiar totalmente na minha própria mente”, disse Trump, em recente entrevista ao apresentador Cal Thomas.
Pressionando um pouco mais, o apresentador questionou Trump sobre uma afirmação feita por ele, em outra entrevista, de que nunca havia pedido perdão em toda a sua vida. O bilionário recuou de sua postura arrogante e disse que tinha mudado: “Eu vou pedir perdão, mas espero que eu não tenha que pedir muitos perdões”.
Sobre sua expectativa em relação ao apoio que poderá receber de cristãos norte-americanos, Trump disse que acredita que tem grande aceitação do público evangélico: “Como você sabe, eu sou presbiteriano e protestante. Eu tive grandes relacionamentos e desenvolvi ainda mais as relações com ministros. Nós temos um grande apoio do clero. Eu acho que terei um desempenho muito bom durante a eleição com os evangélicos e com os cristãos”.
Ao final da entrevista, Trump destacou que tem dado atenção à perseguição aos cristãos ao redor do mundo, em especial o Oriente Médio: “Vou tratar a minha religião, que é cristã, com grande respeito e cuidado”, afirmou o bilionário, que em outras ocasiões, já declarou que pretende ser um guardião dos perseguidos caso seja eleito presidente dos Estados Unidos

ATIVAÇÃO PROFÉTICA COM APÓSTOLO VICTOR AVILES (EUA)

NOSSO MENTOR ESTARÁ NA VIDA ABUNDANTE EM UMA NOITE DE ATIVAÇÃO PROFÉTICA, SERÁ SOBRE NATURAL!

Vereador evangélico distribui cartilhas para alertar pais sobre “o perigo da ideologia de gênero”

A cidade de Uberaba (MG) reprovou a adoção da ideologia de gênero como parte da grade curricular das escolas municipais, e agora, alunos da rede municipal vêm recebendo uma cartilha explicativa sobre o que é essa corrente ideológica.
A emenda à Lei Orgânica do Município proibiu a discussão de questões ligadas à ideologia de gênero nas escolas, e a distribuição da cartilha por iniciativa do vereador Samuel Pereira (PR), que é evangélico, gerou acusações de homofobia e machismo ao político.
De acordo com informações do jornal Correio Braziliense, a cartilha “Ideologia de Gênero – Entenda o risco que você e seus filhos estavam correndo”, diz que “como não estão conseguindo mudar a cabeça da população, inventaram novos recursos para nos sabotarem”, e assevera que dentre os movimentos ideológicos atuais, “o mais disfarçado e perigoso é a ideologia de gênero”.
Em outro ponto, a cartilha destaca os perigos do ensino da ideologia de gênero: “Pai e mãe, existem organizações muito ocupadas em destruir nossa família. Dizem que o povo é muito fora de moda e precisamos deixar os ensinamentos dos antigos e nos abrirmos às novidades”, alerta.
O vereador afirmou à imprensa local que fez a distribuição da cartilha “em locais onde identificou ideologia de gênero” presente. Didático, o material usa linguagem simples e ilustrações, explicando que a ideia de que ninguém nasce homem ou mulher “é um absurdo”.
Contrária à cartilha, a educadora Larissa Martins divulgou nas redes sociais que o material vinha sendo distribuído e criticou a iniciativa do vereador, afirmando que o conteúdo vai “contra os direitos humanos e a diversidade de sexo e gênero”.
A Câmara Municipal divulgou nota afirmando que “a discussão foi democrática, com espaço aberto para exposição de pensamentos de todos os segmentos”, e que por isso, não vê preconceito ou intolerância no material divulgado pelo vereador.

Faleceu o pastor Joide Miranda, ex-travesti que conheceu o Evangelho

O pastor Joide Miranda, ex-travesti, faleceu no último domingo, 12 de junho, em Cuiabá (MT), vítima de uma parada cardíaca decorrente de um problema no fígado. Ele estava internado no Hospital Santa Rosa há 20 dias. Ele deixou esposa e um filho.
Joide se tornou nacionalmente conhecido em 2012, durante a batalha contra a aprovação do PLC 122, que previa sanções a igrejas e pastores que pregassem a visão cristã sobre a homossexualidade.
No mesmo ano, ele contou seu testemunho no extinto programa “Fala, Malafaia”, e sua história de vida passou a ser uma demonstração do poder do Evangelho.
Em uma entrevista ao portal iG, destacou que a “homossexualidade é uma conduta aprendida”, frisando que, mesmo com toda a complexidade do assunto e das consequências das escolhas que ele havia feito no passado, Deus havia “restaurado sua identidade”.
Firme no que acreditava, denunciou um consenso internacional para que a homossexualidade seja tratada de forma indiferente nas questões relacionadas à saúde: “A Organização Mundial da Saúde decretou que homossexualidade não é doença, mas, na verdade, eu sofri um transtorno egodistônico. Isso estava na Classificação Internacional de Doenças (CID) da psicologia, mas foi retirado. Precisei passar por uma psicóloga que conhecia e era evangélica. Hoje, se um indivíduo procurar uma clínica e disser que sofre de um transtorno egodistônico de sua identidade sexual, o profissional está proibido de atender. Existem muitas pessoas com esse tipo de transtorno que não querem vivenciar essa vida e sofrem”, lamentou.
Segundo a família do pastor Joide, o velório foi realizado às 19h00 de ontem no templo da Igreja Batista Nacional Peniel, no bairro Morada do Ouro, onde ele era membro.