IGREJA APOSTÓLICA VIDA ABUNDANTE

IGREJA APOSTÓLICA VIDA ABUNDANTE
2017 Ano da Paternidade

quarta-feira, 27 de agosto de 2014

Debate da Band: Marina Silva ataca ”erros” de Dilma Rousseff e pastor Everaldo fala em combate à corrupção

Debate da Band: Marina Silva ataca ”erros” de Dilma Rousseff e pastor Everaldo fala em combate à corrupção
Marina Silva participou ontem, 26 de agosto, do debate promovido pela TV Bandeirantes sob os holofotes da pesquisa mais recente do Ibope que a apontava como segunda colocada na corrida pelo Planalto e provável vencedora do segundo turno das eleições.
Usando um tom firme, mas conciliador, Marina elogiou os acertos dos governos dos ex-presidentes Fernando Henrique Cardoso (PSDB) e Lula (PT), afirmando que é preciso manter as conquistas sociais do povo brasileiro e corrigir os erros da gestão de Dilma Rousseff (PT).
Marina propôs um embate direto com Dilma, e perguntou à presidente o que havia dado errado em seu governo, especialmente as propostas feitas após a onda de manifestações em junho de 2013. “Veja, nós acreditamos que tudo deu certo”, respondeu a candidata à reeleição. Na tréplica, Marina afirmou que “o Brasil que a presidente Dilma acaba de mostrar com colorido quase cinematográfico não existe”.
A postura de Dilma Rousseff no debate se resumiu a exaltar os números de seu governo, sem propor novas ações e sem responder de forma direta aos questionamentos feitos a ela sobre como reverteria a falta de crescimento da economia brasileira.
Numa pergunta direcionada ao pastor Everaldo, Dilma questionou como o candidato do PSC planejaria o crescimento da oferta de energia elétrica necessária para que a economia brasileira tenha fôlego nos próximos dez anos. Everaldo respondeu que usaria “energia limpa”, e citou a capacidade hídrica brasileira como uma saída.
Ao final, o pastor ainda cutucou Dilma dizendo que hoje não há planejamento, pois se constrói torres de energia eólica mas não se faz torres de transmissão para levar a energia produzida, e voltou a destacar sua proposta de um “Estado mínimo” para combater a corrupção.
Aécio Neves (PSDB) promoveu um embate com Dilma e Marina, exaltando as conquistas dos governos do ex-presidente FHC. Contra Dilma, o tucano afirmou que nos últimos anos a Petrobrás tem tido uma “gestão temerária”, que levou a empresa a perder valor de mercado. Já contra Marina, Aécio disse não entender o conceito de coerência que a ex-senadora usa, pois ela não quis subir no palanque tucano em São Paulo para apoiar Geraldo Alckmin, mas disse contar com o apoio de José Serra caso vença as eleições.

Pesquisa

A nova pesquisa encomendada ao Ibope pela TV Globo e jornal O Estado de S. Paulo mostrou um cenário ainda mais favorável a Marina Silva do que o levantamento realizado pelo Datafolha na semana passada.
Marina se isolou em segundo lugar, com 29% das intenções de voto, contra 34% de Dilma Rousseff e 19% de Aécio Neves. Já o pastor Everaldo caiu de 3% para 1%, empatando com Luciana Genro (PSOL).
Numa simulação de segundo turno, Marina teria 45% das intenções de voto, contra 36% de Dilma. Se a disputa fosse entre a atual presidente contra Aécio Neves, o tucano somaria 35%, contra 41% da petista, que estaria reeleita.

Notícias sobre profecia que teria previsto a morte de Eduardo Campos são falsas

Notícias sobre profecia que teria previsto a morte de Eduardo Campos são falsas
O falecimento do ex-presidenciável Eduardo Campos esta semana foi o assunto mais comentado em todo o Brasil, tanto nos veículos de mídia quanto nas redes sociais. Entre as diversas matérias elogiando a vida e trajetória política de Campos, e o impacto de sua morte no cenário político nacional, surgiram também boatos de que ele teria recebido uma profecia de sua morte durante um culto em uma igreja evangélica.
Como é comum em boatos envolvendo tragédias e envolvendo o meio evangélico, a notícia sobre a suposta profecia da morte do político se espalhou pelas redes sociais e foi publicado em vários sites gospel, infelizmente, sem compromisso com a devida apuração dos fatos.

Informações Falsas

Uma imagem que circulou nas redes sociais mostra Eduardo Campos durante um culto da igreja Assembleia de Deus em Abreu e Lima (PE), recebendo uma oração de uma das fiéis da denominação. O texto que acompanha a foto na maioria das publicações, e sem referências de fontes, diz que a mulher teria confrontado o político com uma profecia de sua morte. O texto afirma que pastores presentes na ocasião teriam relatado que a mulher disse a Campos: “Todo o poder está em minhas mãos, sou o dono do universo… Grande será o cortejo para ti, homem de honra. A tua vida está em minhas mãos, e na esteira do tempo, determinarei os teus dias”.
O boato que se espalhou com a publicação da imagem, e foi reproduzido em vários sites gospel, leva à interpretação de que suposta profecia teria sido vista inicialmente como uma referencia a sua vitória presidencial, e reinterpretada após sua morte.
Os boatos, publicados como notícia, da suposta profecia foram acompanhados também de informações falsas a respeito da família de Eduardo Campos, como a de que seu pai, Maximiano Accioly Campos, falecido em 1998, teria sido um presbítero da Assembleia de Deus e que teria recebido uma profecia sobre sua morte em um culto.
Porém, não existe nenhuma informação sobre a ligação de Maximiano Campos com a denominação evangélica e sua biografia, presente no site do instituto fundado para preservar sua obra literária, o descreve como “advogado, editor, escritor e poeta”, sem trazer nenhuma referência ao suposto cargo religioso.
Outra informação falsa que tem sido publicada é a de que a revista Época publicou que Eduardo liderou o conjunto de jovens da igreja por quatro meses, informações que nunca foi veiculada pela revista.

Esclarecimentos sobre a suposta profecia

Kleber Nunes, autor da fotografia que vem sendo veiculada junto ao boato, esclareceu que a foto foi tirada em 2013, durante a comemoração de 10 anos do pastor Roberto José dos Santos como presidente da COMADALPE (Convenção de Ministros da Assembleia de Deus com Sede em Abreu e Lima-PE).
- Postei a foto e não imaginava que iria repercutir tanto. Garanto que não houve nenhuma profecia sobre a presidência nem que isto iria acontecer isso – afirmou o fotógrafo, segundo o GPrime.
O pastor Roberto José dos Santos também falou sobre a circulação do boato, e afirmou que as notícias sobre a profecia não tem nenhuma procedência ou relação com a verdade. Ele desmentiu também as afirmações de que o pai de Eduardo Campos teria sido presbítero da igreja.
- Nestes últimos dias, têm sido veiculadas por meio da internet muitas postagens especulativas sobre uma mensagem de morte que teria sido proferida ao nosso querido ex-governador Eduardo Campos, por ocasião de sua presença em um culto na Igreja Evangélica Assembleia de Deus em Abreu e Lima. Queremos dizer que NÃO tem procedência tais afirmações, já que em nenhum momento daquela reunião foi ouvido, por qualquer dos presentes, nada que venha corroborar a possibilidade do vaticínio de sua morte. Também NÃO procede a afirmativa de que seu pai era presbítero da igreja – afirmou o pastor, em sua página no Facebook.
- Pelo que percebemos, há pessoas mal intencionadas que ficam fazendo postagens sem nenhum conhecimento dos fatos, e outros que as curtem, comentam e compartilham sem nenhum senso crítico responsável – completou Santos, afirmando que a igreja não sabe de onde partiram tais especulações.
O pastor ressaltou ainda que este é um “momento de serenidade, reflexão e oração pelas famílias enlutadas, que merecem todo o nosso respeito e consideração”, e pediu a todos que não se deixem levar por tais boatos.

Adolescente cristã é suspensa de escola por dizer “Deus te abençoe” a colega

Adolescente cristã é suspensa de escola por dizer “Deus te abençoe” a colega
“Deus te abençoe”. A frase comum aos cristãos causou a suspensão de uma aluna na cidade de Dyesburg, no estado norte-americano do Tennessee.
A adolescente Kendra Turner, matriculada na Dyer County High School, disse a frase para uma colega quando esta espirrou, expressando o desejo de que a colega ficasse saudável. No entanto, a professora entendeu que era impróprio e ordenou que a aluna deixasse a aula imediatamente e fosse para a sala da direção, onde recebeu uma suspensão.
No Brasil, quando alguém espirra, o termo mais comumente usado nestas circunstâncias é “saúde”. Já nos Estados Unidos, a frase mais usada é “Deus te abençoe”, devido a uma tradição cultural iniciada ainda na Europa, em 590 d. C., quando o papa Gregório I ordenou aos fiéis católicos que desejassem a benção divina a qualquer pessoa que manifestasse sintomas de doenças, incluindo a peste bubônica.
Em entrevista à emissora WMC TV, Kendra afirmou que a frase “Deus abençoe” faz parte de uma lista de expressões que a direção da escola proibiu: “Nós não estamos autorizados a dizer expressões como ‘Deus te abençoe’; ‘Desculpe. Foi minha culpa’; ‘rolê’; ‘idiota’; ‘estúpido’ e coisas assim”.
A adolescente disse que a professora não levou em consideração a questão cultural: “Ela perguntou por que eu disse isso, e eu disse a ela que eu estava sendo educada. Então ela me perguntou quem me disse que aquela expressão era sinal de cortesia, educação. Eu disse a ela que o meu pastor e meus pais me ensinaram a agir assim”, resumiu Kendra.
A aluna contou com apoio da igreja Assembleia de Deus que frequenta com os pais. A denominação promoveu um debate sobre liberdade religiosa e Kendra afirmou que não gostaria que a professora fosse tratada de forma hostil, apesar de sua atitude. “Eu quero que seja permitido falar sobre Deus na escola. Eu quero que eles percebam que Deus está no controle e eles não. Eu também não quero que a professora seja atacada, porque esse é o tipo de comportamento seria prejudicial e desrespeitoso”, concluiu.

Vídeo de 2011 mostra profecia sobre a política no Brasil: “Deus levantará uma mulher conforme Seu coração para governar o país”; Assista

Vídeo de 2011 mostra profecia sobre a política no Brasil: “Deus levantará uma mulher conforme Seu coração para governar o país”; Assista
A oficialização da candidatura de Marina Silva (PSB) à presidência da República fez um vídeo se tornar viral entre os evangélicos nas redes sociais. Durante uma conferência em 2011, o ministro Bob Hazlett narrou uma visão que teve do cenário político do Brasil, e falou que Deus levantaria uma mulher “de acordo com Seu coração” para mudar os rumos da nação.
Durante a profecia, Hazlett diz que “não conhece a estrutura política” do Brasil, mas que Deus o havia mostrado um homem que atua nos bastidores da política e “manipula uma mulher como marionete”.
“Deus disse que vai mudar a estrutura política desta nação, pois o inimigo já tem dito que controla as casas do Poder, a presidência, mas eu escuto nosso Senhor dizer ‘Eu levanto os reis, e eu também os derrubo’. Me ouçam: eu vi algo no Espírito, e eu não sei nada da estrutura política deste país, mas eu vi uma pessoa que levanta reis, um homem que disse ‘eu vou ser aquele que levantará reis’, e ele estava puxando as cordas de uma mulher na liderança do Estado, e ela era sua marionete, pois ele dizia ‘ela vai fazer aquilo que eu mandá-la fazer’. Mas eu vi a Palavra do Senhor vir como uma espada e começou a cortas as cordas dessa manipulação. E o que eu vou dizer, direi com temor ao Senhor: há homens no Poder e um homem específico que está por trás da cena e tem controlado as coisas e eu ouvi o Senhor dizer que este ano ele mudará o controle da nação, e aqueles que pensavam que controlavam a vida dessa nação têm suas vidas na mão de Deus”, disse Bob Hazlett. O vídeo foi gravado durante a Conferência Dunamis 2011.
Na sequência da profecia, Hazlett afirma que Deus mostrou a ele que levantaria uma nova mulher “cheia do Seu Espírito” para mudar os rumos do Brasil.
“Eu vi então o vento do Senhor vir. Não era o respirar do inimigo, era um sopro de vida. E o Senhor soprou sobre esta nação, da mesma maneira que Ele soprou para Adão e Eva, e então eu vi Deus levantar homens e mulheres d’Ele, cheios do Espírito, de Seu sopro, que vão começar a chacoalhar e mudar esta nação. E eu escuto o Senhor dizer que nos próximos dois anos Ele começará a levantar mulheres no Poder desta nação e colocará uma mulher com o Espírito d’Ele nela e ela se ajoelhará perante a Ele assim como Ester se ajoelhava, pois Ele removerá o espírito de Mordecai, que tem tentado controlar as mulheres desta nação, e Ele levantará uma mulher segundo Seu coração, e Ele abalará a nação, levando-a para uma temporada de prosperidade mesmo enquanto outros países enfrentarem crises”, profetizou Bob Hazlett.
Assista:
A associação das figuras mencionadas pelo ministro com personagens da política brasileira é inevitável e automática, e com a ascensão da candidatura de Marina Silva – pesquisas a apontam como provável vencedora do segundo turno – muitos internautas entendem que os rumos das eleições presidenciais no Brasil este ano estão determinados por Deus.
“Ta na hora que o povo de Deus se levante e clame a Deus para que nós tenhamos presidentes filhos e filhas de Deus, não importando o nome desta pessoa”, escreveu um usuário do YouTube. “Marina Silva, uma mulher cheia de vontade de mudar nosso Brasil para melhor, será nossa presidente”, resumiu outro.

quinta-feira, 14 de agosto de 2014

Mulher suspeita de matar a filha de seis anos afirma que espancava a criança para Deus melhorar sua vida

Mulher suspeita de matar a filha de seis anos afirma que espancava a criança para Deus melhorar sua vida
A mãe de uma menina de seis anos que foi encontrada morta na cidade de Santa Tereza do Oeste (PR), confessou a responsabilidade pela morte da filha na última semana e afirmou que batia na menina a cerca de um ano como parte de um plano espiritual para melhorar sua vida. Vanessa Ramos do Nascimento, de 25 anos, afirma que foi orientada por uma amiga a aplicar castigos físicos nas filhas porque assim Deus “mudaria sua história”.
De acordo com o delegado Edgar Santana, a mãe da criança afirmou em depoimento na última semana que sua amiga a mandava bater na criança como forma de “corrigi-la” para que Deus pudesse mudar sua vida.
- Ela dizia que Deus tinha um plano na minha vida e que Deus ia mudar a minha história, que eu ia ter marido, prosperidade e toda essa história, só que para eu receber isso tinha um plano espiritual que eu tinha que fazer. E esse plano era corrigir os meus filhos e que se eles fizessem alguma coisa errada tinham que ser castigados. Eles tinham que apanhar – contou Vanessa.
Ela afirmou ainda que a última a bater na criança antes de sua morte foi a amiga, que teria afirmado ter sido orientada por Deus a fazer isso porque a mãe não tinha pulso o suficiente para corrigir a criança.
- Ela dizia que eu batia com dó e que não estava dando certo o tratamento. Disse que Deus que mandou ela assumir o serviço, porque eu não sabia bater, que eu batia com dó – afirmou.
A menina foi encontrada morta no porta malas de um carro, e a mãe afirma que a colocou para dormir no local como parte de um ritual para purificá-la.
- Segundo o relato da mãe, a criança estava com ‘algo ruim’ e para purificá-la a menina teria que dormir no porta-malas do carro. Horas depois, quando retirou a criança, já sem vida, a mãe disse acreditar que a menina ressuscitaria. Dois dias depois, ao perceber que a criança estava mesmo morta, a mãe e a amiga resolveram enterrá-la – relatou o delegado.
A mãe afirma que ao encontrar a criança morta pensou em chamar as autoridades, mas que decidiu enterrá-la com medo de ser presa, visto que a meninas estava com o corpo coberto pelas marcas deixadas pelos castigos físicos aos quais foi submetida.
- Eu falei não, vou chamar o Instituto Médico Legal (IML), só que como a menina estava toda marcada se a gente chamasse o IML eu ia ser presa – disse a mãe em depoimento.
De acordo com o G1, o crime foi descoberto após Jeferson Ramalho, pai da criança, registrar um Boletim de Ocorrência (B.O) sobre o desaparecimento da menina e da ex-mulher. Ao iniciar as investigações, a polícia recebeu informações de que a criança poderia ter sido sequestrada, mas ao realizar as buscas descobriu que a mãe estava escondida em um sítio no interior do estado. Ao ser levada para a delegacia, ela confessou o crime.
Segundo o delegado, apesar de confessar o crime e apontar onde o corpo da menina estava enterrado, a mãe não demostrou arrependimento e apenas queria saber como proceder para passar menos tempo na cadeia.
- Em nenhum momento ela citou que estava arrependida, só queria saber a quantidade de pena que ela iria ter que cumprir e se havia alguma circunstância atenuante, como se ela confessasse e contribuísse com a investigação, mas em nenhum momento demonstrou qualquer remorso em face da morte de sua filha – conta o delegado.
As duas mulheres estão presas e vão responder pelos crimes de homicídio e ocultação de cadáver.

Pastor Marco Feliciano é absolvido da acusação de homofobia por unanimidade no Supremo

Pastor Marco Feliciano é absolvido da acusação de homofobia por unanimidade no Supremo
O pastor Marco Feliciano (PSC-SP) foi absolvido pelo Supremo Tribunal Federal (STF) da acusação de ter praticado discriminação contra homossexuais numa publicação feita no Twitter em 2011. Se fosse condenado, poderia pegar até três anos de cadeia.
Os ministros do STF inocentaram o pastor por unanimidade, pois entenderam que a lei 7.716/89, que trata dos crimes de preconceito, não aborda a discriminação por orientação sexual.
A denúncia feita pelo Ministério Público Federal dizia que Feliciano havia praticado crime previsto no artigo 20 da referida lei, numa tentativa de equiparar a opinião do pastor sobre a homossexualidade aos crimes de racismo e xenofobia.
O relator do processo, ministro Marco Aurélio, frisou que o artigo 20 aborda a discriminação e preconceito no que se refere à raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional, “não contemplando a discriminação decorrente da opção sexual”, e disse que a lei é bastante objetiva e determina exatamente o que se encaixa nesses casos.
Dessa forma, a 1ª Turma do Supremo não entrou no mérito da questão e desqualificou o teor da denúncia. A decisão dos ministros do STF evita que se abra precedentes de julgamento sem tipificação de crime na legislação.
Marco Aurélio ainda frisou que o inciso XXXIX, do artigo 5º da Constituição Federal afirma de forma clara que não há crime quando não existe uma legislação que o defina, e portanto, não é possível aplicar uma pena, segundo informações do site Consultor Jurídico.
Essa é a segunda absolvição do pastor Marco Feliciano por unanimidade nos últimos três meses. Em maio deste ano, os ministros do STF o inocentaram da acusação de estelionato que enfrentava por não ter comparecido a um evento no Rio Grande do Sul pelo qual havia recebido cachê.
Feliciano reconheceu que faltou ao evento por conflito de agenda, e procurou os organizadores para ressarci-los. Diante disso, a Procuradoria Geral da República (PGR) fez um pedido pela absolvição de Feliciano por falta de provas.

Morte de Robin Williams levanta debate sobre a relação dos cristãos com a depressão

Morte de Robin Williams levanta debate sobre a relação dos cristãos com a depressão
O blogueiro Danilo Fernandes publicou emseu site um artigo no qual fala sobre os comentários proferidos por muitos cristãos após a morte do ator Robin Williams sobre a depressão que ele enfrentava. Em seu texto, Fernandes fala sobre a atitude os evangélicos que fazem afirmações como: “tinha fama e dinheiro… mas somente uma vida com Deus…”, que deixam a entender que só os cristãos são felizes.
Fernandes afirma que as pessoas que fazem afirmações dessa natureza não conhecem na verdade a depressão, e que o fato de uma pessoa seguir o cristianismo ou outra religião qualquer não isenta o fiel de sofre da doença.
- Robin era famoso, engraçado, amoroso, talentoso e realizado… E nada disto evita ou serve de antidoto para depressão. Nem mesmo uma vida com Deus… Embora a maioria dos crentes acredite nisto – observou o blogueiro.
- Jesus cura depressão, mas não parece fazer isto com frequência. Frequentemente, se está com Deus e a depressão ataca. Sempre haverá espinhos na carne. E, muitas vezes, também na alma – completou Fernandes, afirmando ainda que “Deus só preenche os vazios da alma que Ele quer preencher”.
Ele ressalta ainda que “crer em Deus e ter fé não é garantia de absolutamente nada, nem de salvação”, e afirma que Jesus nunca prometeu que seus seguidores teriam uma vida perfeita e que “ser crente não é garantia de felicidade”.
- Jesus nunca prometeu isto [felicidade], ao contrário! Nossas promessas são de tribulação! Porquanto não canso de ver pastores santos sofrendo de depressão. E olha que eu conheço muitos pastores santos, destacados e dignos de serem chamados de pastores – frisou, detalhando eu “pesquisas indicam que 47,5% dos pastores e padres sofrem de alguma doença psicológica, incluindo a depressão”.
- De fato, a maioria dos grandes homens de Deus sofre de depressão. A Bíblia está cheia de gente com depressão. A começar por Jó. David também teve fases depressivas. Quase todos os profetas sofriam de depressão. Elias quis morrer (1 Rs 19.4). Jeremias se achou um lixo (Jr 1.6). e João? Um depressivo de carteirinha! E Paulo? Diversos momentos de depressão! Murmurava dos amigos, depois voltava atrás! E Timóteo! (2 Tm 1.4-7). Finalmente o próprio Jesus encarnado que chegou a afirmar que estava triste como a morte (Mt 26.37, 38) – completa Fernandes.
Danilo Fernandes completa seu texto afirmando que “a “tristeza na alma” é algo que acomete os que amam demais o próximo. É gente que sofre com gente e com a condição caída do homem. Gente que ressente mais a distância de Deus do que a maioria”.
- Depressão não é alma vazia. Depressão é alma lutando com mais do que consegue suportar. É uma lembrança constante do Amor de Deus que carrega parte do fardo, mas que também deposita mais peso no ombro dos seus filhos mais amados. Depressão é motivo de oração. A oração de quem nos ama é o melhor remédio para a depressão. Antidepressivos também ajudam! – destaca Fernandes.

Suicídio

Outro tema abordado no artigo foi o suicídio, visto que muitas especulações giram em torno da possibilidade de Williams ter tirado a própria vida. Sobre afirmações de que os suicidas “perderiam a salvação”, Fernandes afirma que “a depressão pode cegar tanto o indivíduo, obscurecer tanto a existência que o suicídio não é mais suicídio, mas a consequência natural de uma degeneração brutal da consciência”.
Observando esse ponto de vista, ele afirma que a pessoa com depressão é tão passiva no “processo” de sua morte quanto uma pessoa que morre por qualquer outra causa, como um ataque cardíaco ou um AVC.
- Deus pode decidir não livrar crentes de morrerem assassinados, infartados, torturados, doentes de câncer ou de AIDS, dizimados por jihadistas sunitas, ou por leões romanos… Deus pode ter decidido a morte de Cristo na Cruz e, então, porque não permitiria que crentes tomados por depressão ou outra debilidade mental venham a cometer suicídio? – questiona o blogueiro, que finaliza dizendo que “a salvação pode (em muitos casos) também alcançar o suicida”.

Eduardo Campos, candidato a presidente da República, morre em acidente aéreo

Eduardo Campos, candidato a presidente da República, morre em acidente aéreo
O candidato à presidência da República Eduardo Campos (PSB) estava à bordo de um avião modelo Cessna 560XL que se caiu hoje, às 09h55 em Santos, litoral paulista A candidata à vice na chapa, missionária Marina Silva, não estava à bordo do avião.
A emissora GloboNews e o jornal O Globo anunciaram que Campos faleceu no acidente, e essa informação da morte foi confirmada pelo Comando da Aeronáutica. Além do candidato, o fotógrafo oficial da campanha, Alexandre Severo Silva, os dois pilotos e outras três pessoas estavam à bordo e também faleceram.
De acordo com as informações preliminares, devido ao mau tempo no aeroporto do Guarujá, o piloto da aeronave precisou arremeter o pouso, e logo em seguida, o avião caiu numa área residencial em Santos, cidade vizinha.
O governador do estado de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), cancelou os compromissos de campanha da tarde e se dirigiu a Santos, assim como a candidata à vice na chapa de Campos, Marina Silva, e o candidato à presidente pelo PSDB, Aécio Neves, que cancelou seus compromissos na Paraíba e está se dirigindo para o local. A presidente Dilma Rousseff (PT) divulgou através de sua assessoria de imprensa que fará um pronunciamento hoje à tarde sobre o caso.
Eduardo Henrique Accioly Campos completou 49 anos no último dia 10 de agosto, era formado em economia pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Já havia sido deputado estadual e federal, ministro da Ciência e Tecnologia no governo Lula e governador do Pernambuco por dois mandatos. O responsável por sua introdução à política, seu avô, o também ex-governador Miguel Arraes, faleceu em 2005, coincidentemente também num dia 13 agosto.
Local da queda do avião em que Eduardo Campos viajava
Local da queda do avião em que Eduardo Campos viajava

Campanha

Eduardo Campos era o terceiro colocado nas pesquisas de intenção de voto e apostava no início do horário político obrigatório para conquistar os votos necessários para disputar o segundo turno das eleições.
Entre suas principais propostas, estavam a criação de um modelo educacional que permitisse aulas em período integral, além da implantação de uma política que priorizasse o desenvolvimento sustentável.
Ontem, durante uma entrevista ao vivo para o Jornal Nacional, da TV Globo, Campos disse que queria representar uma mudança no atual modelo de política: “Ao lado da Marina Silva, eu quero representar a sua indignação, o seu sonho, o seu desejo de ter um Brasil melhor. Não vamos desistir do Brasil. É aqui onde nós vamos criar nossos filhos, é aqui onde nós temos que criar uma sociedade mais justa. Para isso, é preciso ter a coragem de mudar, de fazer diferente, de reunir uma agenda. É essa agenda que nos reúne, a agenda da escola em tempo integral para todos os brasileiros, a agenda do passe livre, a agenda de mais recursos para a saúde, a agenda do enfrentamento do crack, da violência… O Brasil tem jeito. Vamos juntos. Eu peço teu voto”.
Marina Silva, vice-candidata à presidência pelo PSB, havia apresentado Campos a um grupo de 2 mil pastores numa reunião realizada na sede da Assembleia de Deus Ministério do Belém, em São Paulo, no último dia 04 de agosto.
A legislação eleitoral vigente prevê a possibilidade de substituição do candidato que encabeça a chapa, e a missionária assembleiana Marina Silva poderá ser a indicada para o seu lugar. Essa decisão deverá ser tomada em convenção partidária e informada à Justiça Eleitoral até um dia antes da eleição.