IGREJA APOSTÓLICA VIDA ABUNDANTE

IGREJA APOSTÓLICA VIDA ABUNDANTE
2017 Ano da Paternidade

sábado, 25 de janeiro de 2014

Pastor Marco Feliciano e Marisa Lobo pedem a internautas que processem o Porta dos Fundos por conta de piadas com a fé cristã

Pastor Marco Feliciano e Marisa Lobo pedem a internautas que processem o Porta dos Fundos por conta de piadas com a fé cristã
As piadas do Porta dos Fundos com teor religioso podem causar um sabor amargo aos humoristas se todos os internautas que seguem o pastor Marco Feliciano (PSC-SP) atenderem à sua convocação de processá-los.
Ontem, 22 de janeiro, Feliciano usou seu perfil no Twitter para pedir que seus seguidores também entrem com processos contra o Porta dos Fundos por conta de esquetes como o Especial de Natal ou Oh! Meu Deus, por exemplo.
De acordo com o pastor, é importante demonstrar que a sacralidade da fé cristã deve ser respeitada.
“O silêncio das partes ofendidas abrem brecha para que o outro lado se agigante e humilhe cada vez mais os silenciosos. O processo pode não dar em nada, mas no mínimo dará dor de cabeça aos que vilipendiam a sacralidade da fé alheia”, disse Marco Feliciano.
O pastor citou ainda um exemplo de reação aos abusos e afirmou que a Justiça pode estabelecer parâmetros em casos como esses: “ Tempo atrás uma instituição religiosa convocou seus membros a irem ate a delegacia de sua cidade e prestar queixa num B. O. O volume de queixas foi tão grande que a outra parte pediu arrego. Os advogados não davam conta. A perseguição que eles sofriam terminou. As pessoas só se tocam quando sentem pesar no bolso. Fiz minha parte. Uma entidade católica no RJ o fez também. Se outros mais o fizerem talvez consigamos algum êxito”, encorajou.
A psicóloga Marisa Lobo também incentivou seus seguidores no Twitter a processarem o Porta dos Fundos por conta das piadas com a fé cristã e ofereceu um modelo de ação pronto, preparado pelos advogados de Marco Feliciano.
“Vamos entrar com uma representação contra o ‘Porta dos Fundos’. O dep. Marco Feliciano já entrou, os católicos estão entrando também. Vamos nos unir nessa campanha com Marco Feliciano, contra a intolerância religiosa do #PortadosFundos. Humor, sem preconceito religioso. Peça o modelo da representação contra #PortadosFundos  por e-mail: marisalobo@globo.com. É o modelo feito pelos advogados do Marco Feliciano”, escreveu a psicóloga.

Nenhum comentário:

Postar um comentário