IGREJA APOSTÓLICA VIDA ABUNDANTE

IGREJA APOSTÓLICA VIDA ABUNDANTE
2017 Ano da Paternidade

terça-feira, 16 de dezembro de 2014

ANIVERSÁRIO DA IAVA AUSTIN E ORDENAÇÃO DE NOVOS OBREIROS

EQUIPE DE NOVOS OBREIROS DA IAVA AUSTIN

PASTORES DA IGREJA DE AUSTIN
ANDRÉ E GLENA



NOSSO APÓSTOLO LIBERANDO UMA PALAVRA SOBRE A IGREJA DE AUSTIN

POVO UNGIDO E ABENÇOADO ACOMPANHOU O CULTO NO ANIVERSÁRIO DA IAVA AUSTIN

sábado, 13 de dezembro de 2014

2015 - ANO DA HONRA


Nixon, atacante do Flamengo, lidera um grupo de jovens e testemunha sua conquista profissional

Nixon, atacante do Flamengo, lidera um grupo de jovens e testemunha sua conquista profissional
O jovem atacante Nixon, jogador do Flamengo, é evangélico e líder de jovens de uma pequena igreja evangélica na zona oeste do Rio de Janeiro, e testemunhou sua história de conquista profissional como forma de inspirar seus liderados.
De contrato renovado, Nixon tem vínculo com o Flamengo até o final de 2018. Em 2014, marcou nove gols, o que garantiu sua permanência como atleta do clube de maior torcida do país.
Na reportagem exibida pelo Globo Esporte, na TV Globo, o jogador cantou, ministrou a palavra aos que compareceram ao culto, e ainda falou sobre a conquista de sonhos – como marcar um gol no Maracanã lotado – e a crença de que, entregando os caminhos ao Senhor, “o mais Ele fará”.
“Eu lembro de uma vez que um rapaz pediu pra tirar foto comigo, e ele começou a tremer na minha frente. Eu falei pra ele ‘calma que eu vou tirar a foto contigo’. Ali eu entendi que assim como eu vi há tempos atrás, anos atrás, alguém na televisão que também era referência dentro do futebol, hoje eu tava tendo a oportunidade de ser [referência] pra alguém também”, disse o jovem atacante.
Noivo de uma das jovens da igreja, Raquel, Nixon usou o talento como inspiração para a mensagem que entregaria aos presentes no culto, incluindo dois colegas do elenco do Flamengo: o goleiro César e o lateral direito Léo.
A importância da vida em comunidade no culto a Deus também foi destacada pelo atacante: “Aqui, você sabe que, espiritualmente falando, você se cuida, procura a presença de Deus para que você esteja firme, porque na vida, vai acontecer dificuldade com todo mundo, inclusive no futebol”, observou.
A postura adotada pelo atleta e líder de jovens, é notada pelos liderados: “Ele, mesmo no lugar que ele tá, jogando no Flamengo e metendo gols, continua sendo humilde”, resumiu Artur, membro do grupo.

Ataque de extremistas do Boko Haram mata dezenas de cristãos em vilarejo na Nigéria

Ataque de extremistas do Boko Haram mata dezenas de cristãos em vilarejo na Nigéria
Um novo ataque do grupo extremista islâmico Boko Haram a uma cidade de maioria cristã na Nigéria deixou várias pessoas mortas e diversos feridos.
O ataque aconteceu na cidade de Shani e os radicais usavam motos. Assim que chegaram à cidade, uma série de bombas foram lançadas contra as casas e diversos tiros foram disparados contra os moradores.
A agência Reuters informou que as forças militares não puderam quantificar o número de mortos pois a comunicação com a cidade havia sido cortada pelos extremistas do Boko Haram.
“Eles dirigiam motocicletas e eram mais de 30 homens. Começaram a jogar bombas nas casas, e então o Boko Haram disparou tiros contra as pessoas que fugiam”, disse Ishaya Brimah, morador de um vilarejo próximo em entrevista por telefone à Reuters.
Shani é localizada no estado de Borno, mesmo local onde surgiu o Boko Haram. O movimento terrorista protagonizado pelos extremistas islâmicos já provocou o deslocamento de mais de um milhão de pessoas no país, que fogem dos ataques, além de milhares de mortes.

Boko Haram

Em maio deste ano, um ex-integrante do Boko Haram afirmou que o plano é a instalação de um califado na Nigéria através do extermínio de os cristãos do país: “Nós tínhamos planejado matar todos os cristãos em Kaduna, antes de seguir para o Norte. Antes de cada operação, bebíamos da água espiritual, e nos tornávamos ansiosos para cometer o mal”, relatou Isiaku Nasir.
“Nossos líderes nos ensinaram que quanto mais matássemos cristãos, mais provável seria que nós entrássemos no paraíso”, acrescentou Nasir, revelando que o treinamento dos radicais envolve uma espécie de lavagem cerebral.

Feliciano afirma que novo Código Penal vai “favorecer a pedofilia e a legalização da prostituição”

Feliciano afirma que novo Código Penal vai “favorecer a pedofilia e a legalização da prostituição”
A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado recebeu a primeira versão do texto do projeto do novo Código Penal. O responsável pela apresentação foi o senador Vital do Rêgo (PMDB-PB). A proposta prevê punições mais severas a crimes diversos e também estimula a volta de propostas polêmicas, como o “kit gay” e a tipificação de homofobia como crime.
O pastor Marco Feliciano (PSC-SP) se pronunciou sobre a versão do novo Código Penal e disse que a ação do governo é contraditória: “O próprio governo Dilma Rousseff, que baniu os projetos do ex-ministro Fernando Haddad que pretendia a distribuição de kits de incentivo a prática homossexual, agora é carro-chefe de um projeto que pretende derrubar os valores familiares”, escreveu em seu blog.
Se aprovado no Senado, o projeto será discutido também na Câmara dos Deputados, o que deverá tornar a tramitação uma longa batalha entre os parlamentares. Por isso, Feliciano classificou o novo Código Penal como “o maior desafio constitucional até o momento”.
Classificando como “macabra” a maneira que os juristas e os senadores da base governista vêm usando para aprovar projetos polêmicos, Feliciano disse que “não falta mais” nada para “evidenciar a má fé” da proposta: “A agenda do PLS (projeto de lei do Senado) é a prova maior, o argumento que institui o desejo de dissolver toda e qualquer manobra contrária a aprovação”, pontuou.
Segundo Feliciano, trechos do texto do projeto vão no sentido contrário aos valores tradicionais: “O texto vem também com uma ‘amostra grátis’ do que pretende o governo, ao vincular artigos de temas polêmicos como os trechos que ampliam as possibilidades de aborto legal, descriminalização do plantio e o porte de maconha para consumo, além da eutanásia, do favorecimento à pedofilia e a legalização da prostituição, por exemplo”, criticou.

Natália Sarraff, filha de Joelma, abandona banda de forró, se batiza e anuncia carreira gospel

Natália Sarraff, filha de Joelma, abandona banda de forró, se batiza e anuncia carreira gospel
A cantora Natália Sarraff, filha de Joelma Mendes – vocalista da banda Calypso – abandonou o posto em uma banda de forró, se batizou no último final de semana e anunciou que agora irá trabalhar para construir uma carreira na música gospel.
Natália, 24 anos, é filha de Joelma em um relacionamento antes de seu casamento com Chimbinha, e cantava no meio secular há cinco anos, mas resolveu abandonar o forró.
“Penso que servir a Deus é uma responsabilidade tremenda. E sinto um certo medo de não agradá-Lo. Por isso, quero me preparar, saber cada vez mais e assim poder passar para todos o que Deus quer que eu passe. Penso que todos nós temos uma missão na vida, e a minha é essa. Hoje, quando paro pra pensar em uma carreira gospel me dá um nervosismo”, disse a cantora.
A iniciativa de começar uma carreira gospel faz Natália antecipar os passos da mãe. Recentemente Joelma disse que tem planos de cantar apenas músicas gospel num futuro próximo. Questionada pelo jornal Extra sobre a possibilidade de parceria entre as duas, Natália deu a entender que tudo é possível.
“Acredito que para tudo há um tempo certo. E como não só nós duas, mas a família toda pensa em seguir no mesmo caminho, uma hora ou outra a gente se cruza e, quem sabe, servindo a Deus”, afirmou a cantora.
A resposta de Natália mostra uma postura de maturidade: quando era vocalista da banda de forró, ela se queixava de não receber nenhum tipo de incentivo da mãe. Agora, evangélica, não fecha as portas para um eventual encontro nas igrejas e palcos do meio gospel.
Fotos do batismo de Natália Sarraff
Fotos do batismo de Natália Sarraff

sexta-feira, 14 de novembro de 2014

Estado Islâmico estaria capturando cristãos para dissecá-los vivos e vender órgãos no mercado negro

Estado Islâmico estaria capturando cristãos para dissecá-los vivos e vender órgãos no mercado negro
Uma denúncia alarmante feita por um militar aposentado da Albânia acusa extremistas muçulmanos do Estado Islâmico de estarem sequestrando cristãos para dissecá-los vivos e traficar seus órgãos no mercado negro.
De acordo com a imprensa albanesa, os extremistas seriam ligados ao grupo terrorista que pretende fundar um califado no norte do Iraque e que atua em diversos países árabes, incluindo a Síria.
Além da perseguição religiosa, a captura de cristãos para venda de órgãos estaria sendo feita para financiar as operações terroristas do Estado Islâmico e também sua resistência às investidas através de ataques aéreos realizados pela coalizão internacional liderada pelos Estados Unidos.
O ex-militar trouxe o caso à tona por conta do grande número de cristãos que estão desaparecendo. Porém, o modus operandi dos extremistas muçulmanos não é novo, e há registros de que há pelo menos 15 anos essa tática vem sendo usada.
“[Os locais onde os cristãos são dissecados vivos] são verdadeiros açougues humanos, pessoas são mortas após terem seus órgãos retirados para venda no mercado negro”, disse o ex-militar. As vítimas são em sua maioria, “homens, mulheres e crianças” da Sérvia, país vizinho da Albânia.
A prática, que é considerada “um sério crime de guerra”, voltou às manchetes após a visita do papa Francisco à região, que aconteceu a pouco mais de um mês.
Um documentário produzido anos atrás pela emissora de TV alemã Deutsche Welle, mostrou  que a prática era comum no país, porém a Organização das Nações Unidas (ONU) nunca investigou a situação
O militar aposentado diz que esta prática bárbara do Estado Islâmico está se estendendo aos territórios da Síria e Iraque, onde há um grande mercado de órgãos no Oriente Médio.
Veja a Reportagem sobre o caso:

Padeiro cristão é processado por se recusar a fazer bolo para casamento gay

Padeiro cristão é processado por se recusar a fazer bolo para casamento gay
Um empresário cristão na Irlanda do Norte está enfrentando um processo por “discriminação ilegal” após se recusar um pedido para fazer um bolo com um slogan de apoio ao casamento gay em sua padaria.
A controvérsia começou em maio deste ano, quando a organização de direitos gays local, QueerSpace, fez a encomenda para um casamento gay à padaria Ashers Baking Company.
O pedido do bolo incluía uma foto dos personagens Bert e Ernie, de “Vila Sésamo”, ao lado do logotipo do QueerSpace e da mensagem “Em apoio ao casamento entre homossexuais”.
A Comissão de Igualdade da Irlanda do Norte disse que iria tomar medidas legais contra Ashers Baking Company e que o caso tem implicações mais amplas para as leis de igualdade e discriminação na Irlanda do Norte.
“Este caso levanta questões de importância pública, à medida em que os fornecedores de bens e serviços podem recusar um pedido em razão da orientação sexual, crença religiosa e de opinião política”, disse a comissão em um comunicado.
Daniel McArthur, gerente geral da padaria de sua família, disse em um vídeo publicado esta semana que a padaria não iria recuar e que este caso seria mais uma “batalha entre Davi e Golias”.
“[A padaria] Ashers Baking Company está disposta a servir a qualquer cliente, independentemente do seu estilo de vida sexual. Mas nós não queremos ser obrigados a promover uma causa que é contra as nossas crenças bíblicas”, disse McArthur ao site do Instituto Cristão.
O padre Tim Bartlett, conhecido na Irlanda do Norte, ficou do lado da padaria. Em entrevista à BBC, disse que ele não iria trabalhar com a comunidade gay até que “o direito de todas as pessoas, neste caso os cristãos, tivesse sua liberdade de consciência respeitada pela Comissão para a Igualdade e pela comunidade gay”.
A Irlanda do Norte é a única região do Reino Unido que ainda proíbe o casamento gay, que foi legalizado na Inglaterra e no País de Gales, em julho de 2013, e na Escócia, em fevereiro deste ano. A República da Irlanda irá realizar um referendo sobre o casamento homossexual no início do próximo ano.

Motorista que atropelou 16 fiéis se apresenta à Polícia e é liberado; Menino de 3 anos faleceu

Motorista que atropelou 16 fiéis se apresenta à Polícia e é liberado; Menino de 3 anos faleceu
O motorista Renan Bento da Silva, de 26 anos, responsável pelo atropelamento de 16 fiéis que estavam em frente a uma igreja evangélica enquanto se despediam após o culto, se apresentou à Polícia, prestou depoimento e foi liberado.
No 39° Distrito Policial, na Vila Gustavo, Renan respondeu às perguntas do delegado Marco Antônio Dario, afirmou que não prestou socorro por medo de linchamento e negou a posse de drogas no dia do acidente. A Polícia localizou porções de maconha e cocaína no veículo.
“Queria estar pedindo para as vítimas perdão pelo ocorrido, minha intenção não era essa, de machucar ninguém. Peço a Deus que conforte o coração das vítimas, da família do Kauazinho, do pastor que se encontra ainda no hospital. Peço perdão por tudo que aconteceu mesmo”, disse Renan à imprensa na saída da delegacia.
Renan foi liberado porque a Justiça negou o pedido de prisão preventiva, pois o flagrante já havia expirado e não havia provas além das evidências circunstanciais. “Já tínhamos essa expectativa por carência de prova. Estava todo mundo internado, o menino de três anos morreu hoje. Estou correndo que nem louco para produzir provas”, explicou o delegado Dario, que fará um novo pedido de prisão preventiva à Justiça nos próximos dias.
No dia do acidente, foram contabilizadas 15 vítimas, porém a 16ª foi localizada pela Secretaria de Segurança Pública. A mulher, que sofreu ferimentos leves, não se declarou como vítima por estar preocupada em prestar socorro aos que estavam em piores condições.

Morte

O menino Kauan Israel de Castro da Silva, de 3 anos, faleceu na manhã da última quinta-feira (13), em decorrência do politraumatismo sofrido no acidente.
Os médicos do Hospital das Clínicas (HC) constataram que Kauan já não registrava atividade cerebral. Os pais da criança ainda não decidiram se vão doar os órgãos. Na chegada ao hospital no dia do acidente, Kauan foi submetido a uma cirurgia para retirada do baço.
O pastor Washington Pirola, outro que ficou internado em estado grave, encontra-se clinicamente estável, mas seu estado continua sendo delicado e ele está sendo mantido na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Pastor Myles Munroe e esposa morrem em acidente aéreo

Pastor Myles Munroe e esposa morrem em acidente aéreo
O pastor e escritor Myles Munroe e sua esposa Ruth faleceram neste domingo, 09 de novembro, em um acidente aéreo. A filha do casal, Charis, e outras seis pessoas que estavam à bordo também morreram.
O outro filho do pastor e sua esposa, Myles Jr., não estava à bordo do avião, que fazia um trajeto curto entre dois aeroportos em Grand Bahamas e colidiu com um grande guindaste de carga em um estaleiro próximo ao destino.
O site Caribbean News Desk informou que o choque aconteceu por volta das 17h10 (horário local), quando o avião fazia os procedimentos de aproximação para pousar no Grand Bahama International Airport.
Minutos antes da decolagem, o pastor Munroe e as demais pessoas que viajariam no jato executivo Lear Jet 36 de sua propriedade posaram para uma foto que foi publicada nas redes sociais.
Foto tirada momentos antes da decolagem
Foto tirada momentos antes da decolagem
Equipe de buscas junto aos destroços
Equipe de buscas junto aos destroços

Myles Munroe

Myles Munroe era pastor do Ministério da Fé de Bahamas, e um conhecido difusor da teologia da prosperidade. Tornou-se mundialmente famoso por causa de suas campanhas de arrecadação de grandes quantias de ofertas, de seus livros sobre o tema, e por suas palestras que, a cada ano, reuniam 500 mil pessoas.
Entre seus principais parceiros internacionais, estavam Benny Hinn e Mike Murdock, dois dos mais polêmicos líderes evangélicos do mundo.
No Brasil, Munroe foi apresentado ao público pelo bispo Robson Rodovalho, líder da Igreja Sara Nossa Terra. Posteriormente, o pastor Silas Malafaia passou a ser um dos principais admiradores de Myles Munroe, convidando-o para congressos e programas de TV.
Alguns dos livros de Myles Munroe foram lançados no Brasil pela editora de Silas Malafaia, a Central Gospel, e por conta dessa proximidade com dois grandes líderes evangélicos brasileiros, as publicações do falecido pastor tinham grande repercussão e vendas expressivas.
Nós da Vida Abundante também lamentamos a morte deste homem destemido e suplicamos ao Espírito Santo que console toda a sua família e Ovelhas!

sábado, 18 de outubro de 2014

Vereadores e diretor da Sabesp fazem oração por chuva em São Paulo para amenizar seca

Vereadores e diretor da Sabesp fazem oração por chuva em São Paulo para amenizar seca
A falta de chuva em São Paulo e a consequente falta d’água potável nas torneiras vem prejudicando milhões de moradores do estado, e na cidade de Franca, autoridades e munícipes resolveram apelar para a oração a fim de encontrar uma solução para o problema.
A iniciativa partiu do pastor Otávio Pinheiro (PTB), que também é vereador, e fez uma oração solicitando a ajuda divina por chuva. Pinheiro estava acompanhado de outros 12 vereadores, além do diretor da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (SABESP), Rui Engracia.
“Fiquei muito assustando quando vi aquela situação, com o rio baixo e cheio de terra. A gente já estava orando nos templos, mas agora resolvemos pedir a ajuda de Deus daqui mesmo. Não tem como não se desesperar”, afirmou o pastor, fazendo referência à situação que ele e as demais autoridades encontraram ao visitar o rio Canoas, uma das principais fontes de abastecimento da cidade.
De acordo com informações do jornal O Estado de S. Paulo, em Franca – assim como em todo o estado – a Sabesp não assumiu oficialmente que esteja acontecendo racionamento de água.
No entanto, a partir da última quarta-feira, 15 de outubro, a empresa passou a divulgar uma lista com dezenas de bairros que sofrerão corte no fornecimento de água em períodos alternados.
O diretor da Sabesp Rui Engracia informou que a quantidade captada atualmente é insuficiente para abastecer toda a cidade e, por isso, 27 caminhões-pipa têm buscado água o dia todo em represas da região para completar os reservatórios.
Engracia se queixou que o consumo médio diário na cidade é de 170 litros de água por habitante, muito acima dos padrões recomendados pela Organização Mundial da Saúde (OMS), que recomenda que o uso de 110 litros por pessoa diariamente seriam suficientes para viver de forma confortável.

Silas Malafaia e Marcelo Crivela protagonizam bate boca em debate no Rio de Janeiro

Silas Malafaia e Marcelo Crivela protagonizam bate boca em debate no Rio de Janeiro
O primeiro debate do segundo turno entre os candidatos ao governo do Rio de Janeiro foi marcado por fortes trocas de acusações entre o governador e candidato à reeleição Luiz Fernando Pezão (PMDB) e o senador Marcelo Crivella (PRB), que é bispo licenciado da Igreja Universal (IURD). Porém, o destaque negativo do debate ficou por conta do bate boca protagonizado entre Crivella e o pastor Silas Malafaia.
Ao lado do humorista Marcelo Madureira e do cineasta José Padilha, Malafaia era um dos convidados pela organização do debate, que foi promovido pela revista Veja/Estácio/OAB-RJ. Os convidados foram chamados pelos organizadores para fazer perguntas aos candidatos.
O bate boca entre os religiosos começou quando o pastor Silas Malafaia foi convidado a fazer uma pergunta aos candidatos no primeiro bloco do debate. O pastor iniciou sua fala afirmando que questionaria o “bispo Crivella”, “porque essa história de licenciado é para boi dormir e eu não sou boi”. Em seu tempo para pergunta, Malafaia acusou a IURD de colocar outras igrejas evangélicas “para fora das TV´s” e afirmou que Crivella “obedece às ordens do seu tio, o bispo Edir Macedo”, líder da Igreja Universal.
Em sua resposta, o senador Crivella iniciou afirmando que a ligação de Silas Malafaia com o governo Cabral/Pezão é de conhecimento de todos, o que motivou uma resposta imediata do pastor, que gritou da plateia acusando Crivella de “mentiroso”. Em seguida, Crivella respondeu afirmando “mentiroso é você”. A troca de acusações entre os religiosos foi interrompida pelo mediador do debate, que pediu para Malafaia se conter.
– Essas suas mágoas, seu recalque e suas frustrações com a IURD, eu não tenho nada a ver com as decisões da igreja – completou Crivella.
Malafaia respondeu à fala do candidato com risadas altas na plateia, o que levou o mediador a, novamente, pedir que ele se contivesse e fizesse silêncio.
O debate prosseguiu com acusações diretas entre os candidatos, incluindo ataques pessoais e a constante tentativa de Pezão de vincular a imagem de Crivella ao fundamentalismo religioso e à Universal.

Milagre: Ex-tetraplégica volta a andar e testemunha milagre duplo em sua vida

Milagre: Ex-tetraplégica volta a andar e testemunha milagre duplo em sua vida
Em 2012, Liz Mitchell, da cidade de Waco, no Texas (EUA), caiu de uma altura de mais de cinco metros da varanda de sua casa. No grave acidente, Liz quebrou duas vértebras e, após passar cinco dias em coma, ela descobriu que estava tetraplégica, e os médicos lhe disseram que jamais poderia voltar a andar. Porém, ela agora testemunha um grande milagre em sua vida, e conta como voltou a andar e tem uma nova vida, contrariando todas as previsões da medicina.
– Um dia você acorda e esta com um tubo de respiração, então você percebe que o corpo que tanto você cuidava agora esta ‘inútil – relatou Liz Mitchell, em uma entrevista a canal de TV ABC.
Bryan Mitchell, marido de Liz, conta que a acompanhou nesse momento complicado de sua vida, quando ainda eram noivos. Ele relata que um dia, no hospital, fez a Liz a promessa de que, mesmo ela estando em uma cadeira de rodas, eles se casariam e ela iria “viver tudo o que Deus permitir”. Ele contou também que o a recuperação da esposa começou após uma oração feita por ele.
Liz passou meses sob tratamento no Instituto de Reabilitação Baylor, e não conseguia nem mexer os dedos dos pés, quando Bryan resolveu orar pela então noiva.
– Ela estava totalmente sem animo. Baixei a cabeça e fiz uma oração. Foi a oração mais sincera que eu fiz na minha vida. Então logo insisti que Liz tentasse mexer as pernas. Era dia 29 de agosto, às 9:35h. Ela conseguiu movimentar – contou.
– Foi o momento mais milagroso que já experimentei em toda a minha vida – completou Bryan, emocionado.
Após isso, Liz entrou em um extenso processo de reabilitação, na piscina, depois caminhada na esteira, bicicleta ergométrica… até que ela conseguiu se colocar de pé e voltou a caminhar por conta própria.
Após a recuperação de Liz, ela e Bryan realizaram o sonho de se casarem. E agora anunciam mais um milagre em suas vidas. Apesar de os médicos terem afirmado que a queda de Liz havia danificado seu sistema reprodutivo, ela conta que está grávida e dará à luz a uma filha.
Dois anos após o grave acidente, e indo contra todas as expectativas médicas, Liz agora conta seu testemunho de duplo milagre.
– A transformação física que Liz viveu no centro de reabilitação é nada comparado com a transformação emocional e espiritual – afirma Bryan.

Famoso pastor anuncia que se tornou ateu e publicará livro contando sua “desconversão”

Famoso pastor anuncia que se tornou ateu e publicará livro contando sua “desconversão”
Um famoso pastor canadense se afastou de seu ministério e comunicou que se tornou ateu após mais de 30 anos como pregador.
Bob Ripley, que liderou a Igreja Metropolitana Unida, no Canadá, por 15 anos, disse que chegou à conclusão de que não acredita em Deus após se aprofundar nos questionamentos que carregou consigo por toda a vida.
“Comecei esta jornada fazendo perguntas. Eu estava descontente com os clichês banais ou afirmações preguiçosas. A curiosidade é um acelerador incrível da mente”, disse o ex-pastor em um artigo publicado no Ifpress.com.
Ripley se descreveu como “um defensor apaixonado pela honestidade intelectual” e pediu aos fiéis e admiradores de seu trabalho nas últimas décadas que não ficassem aborrecidos com ele por causa de sua decisão de tornar pública a sua descrença.
Em breve, o ex-pastor vai lançar um livro chamado “Life Beyond Belief: a Preacher’s Deconversion” (“Vida além da crença: a desconversão de um pregador”, em tradução livre do inglês), onde detalha sua jornada gradual de descrença em Deus.
Em seu artigo, Ripley afirma que ainda acredita que não existem grupos sociais superiores a outros, sejam ateus ou crentes. “Acho que o que importa não é tanto em que acreditamos, mas como nos conduzimos por este poucos e frágeis anos de vida. Acredito que ter consciência da beleza e da maravilha do universo, incluindo este pálido ponto azul no canto remoto de uma das bilhões de galáxias, é um privilégio indescritível”, concluiu o ex-pastor.

segunda-feira, 6 de outubro de 2014

Pastor afirma que se tiver filhos gays é porque “Deus já os criou e os moldou” assim

Pastor afirma que se tiver filhos gays é porque “Deus já os criou e os moldou” assim
Um texto escrito por um pastor evangélico sobre a homossexualidade tem feito sucesso nas últimas semanas na internet. Intitulado “Se eu tiver filhos gays: Quatro promessas de um pastor cristão e pai”, o texto do pastor John Pavlovitz, da cidade de Wake Forest, Carolina do Norte, EUA, já foi lido (segundo ele) mais de um milhão e quinhentas mil vezes nas duas últimas semanas.
O texto foi publicado pelo pastor em meados de setembro em seu blog pessoal. Entre outras coisas, o pastor afirma no texto que se tiver filhos gays, é porque “Deus já os criou e os moldou” assim.
- Às vezes eu penso se terei filhos gays. Eu não sei se outros pais pensam sobre isso. Mas eu penso. Com muita frequência. Talvez seja porque eu tenha muitos gays na minha família e círculo de amigos. Está em meus genes e em minha tribo – pondera o pastor, em seu texto, afirmando ainda já ter acompanhado “histórias de horror de crianças cristãs e gays, dentro e fora do armário, tentando fazer parte da igreja”.
- Se meus filhos forem gays… isso quer dizer que Deus já os criou, os moldou e colocou dentro deles a semente de quem eles são. O Salmo 139 diz que Ele os formou no útero da mãe. Para mim isso quer dizer que as coisas incríveis e complexas que os fazem almas únicas foi colocado em suas células Eu não acredito que haja uma data mágica de expiração se aproximando, quando eles “se tornarão hétero” – escreveu o pastor.
Entre as promessas feitas em seu texto, o pastor afirma que se tiver filhos gays não irá orar para que eles mudem, pois sabe que este é o normal deles. Ele afirma também que suas orações serão pra que eles sejam aceitos socialmente.
- Eu não orarei para que eles sejam “normais”. Já vivi o suficiente para saber que, se meus filhos forem gays, este é o normal deles. Eu não orarei para Deus curá-los ou consertá-los. Vou orar para que Deus os proteja da ignorância, do ódio e da violência que o mundo despejará sobre eles simplesmente por eles serem quem são – afirma o pastor, em uma das promessas.
A repercussão do texto por todo o mundo transformou o pastor em uma verdadeira celebridade, e ele tem dado entrevistas em diversos canais de comunicação sobre sua visão acerca da homossexualidade. Pai de dois filhos, Noah (8) e Selah (4), ele afirmou em uma entrevista recente a um canal de TV, que escreveu o que pensa ser uma “carta de amor” e que não pretendia criar uma doutrina com seu texto.
Apesar de se apresentar como pastor, John Pavlovitz atualmente não está pastoreando nenhuma congregação, e seu último trabalho pastoral foi na Igreja Metodista Good Shepard, em Charlotte, Carolina do Norte. Atualmente, ele afirma estar fundando uma igreja em sua casa, e em seu site afirma que seu sonho é criar uma “igreja virtual” que reúna as pessoas sem restrições geográficas.
Apesar da grande repercussão que o texto vem tendo no meio cristão, uma grande parcela da publicidade que alavancou o texto tem vindo de colunistas gays que o apresentam a seus leitores como um “exemplo de amor”.
Ao fim do texto, Pavlovitz ressalta de que além de querer filhos gays (palavra que em inglês quer dizer “alegre”), não descarta a possibilidade de eles serem homossexuais ou transgêneros, e afirma ainda que todo pai cristão deveria pensar na forma que responderá caso seus filhos venham a se assumir como homossexuais.