IGREJA APOSTÓLICA VIDA ABUNDANTE

IGREJA APOSTÓLICA VIDA ABUNDANTE
2017 Ano da Paternidade

quarta-feira, 24 de outubro de 2012

Psicóloga Marisa Lobo afirma que “minoria falaciosa” tem usado a mídia para perseguir cristãos no Brasil. Assista

Psicóloga Marisa Lobo afirma que “minoria falaciosa” tem usado a mídia para perseguir cristãos no Brasil. Assista
A psicóloga clínica Marisa Lobo, colunista do Gospel+, participou do programa “Madrugada de Vida Nova”, apresentado pelo apóstolo Ezequiel Teixeira, da igreja Projeto Vida Nova.
Em sua entrevista ao apóstolo Teixeira, Marisa Lobo tratou de temas como o combate às drogas, perseguição religiosa e liberdade de expressão.
O apóstolo questionou Marisa Lobo se no Brasil tem ocorrido casos de censura religiosa ou até perseguição. A psicóloga foi enfática em sua resposta: “Com certeza. Intolerância, perseguição religiosa, está muito na cara. Estamos perdendo nosso direito de professar nossa fé, que é um direito constitucional”.
Em sua fala, Lobo citou os principais meios que, a seu ver, tem propagado princípios anticristãos: “Novela, a mídia, perseguem muito os evangélicos e cristãos de forma geral. Em novela, pastor sempre é bandido, crente sempre é mal vestida ou então é aquela que não presta, não vale nada”, disse, em referência à personagem evangélica da novela Avenida Brasil.
Marisa Lobo também se dirigiu aos cristãos com tom de alerta, lembrando que enquanto cidadãos, há outras preocupações além da vida espiritual: “Quando a Bíblia fala que somos de outro mundo, isso é espiritual. Por enquanto nós temos que morar aqui neste país, e nós temos deveres e direitos. E esses direitos estão sendo negados por uma minoria”, pontuou.
Questionada a respeito da liberdade de expressão, Marisa Lobo citou o processo disciplinar a que está respondendo no Conselho Federal de Psicologia para ilustrar seu ponto de vista: “Liberdade de expressão ao profissional é negado. Nós não temos essa liberdade de expressão. Ela é dada ao usuário de maconha, que recebeu do STJ o direito de fazer as marchas da maconha [...] Todos tem o direito. O espírita é ovacionado pela mídia. Recentemente teve uma novela que falou de uma psicóloga que era espírita, fazia regressão dentro do consultório, tudo lindo. Uma psicóloga que assume isso [fé] em suas redes sociais, sua vida pessoal, sendo cristã, é perseguida, como eu tenho sido”.
Assista abaixo, a íntegra da entrevista da psicóloga Marisa Lobo ao programa “Madrugada de Vida Nova”, do apóstolo Ezequiel Teixeira:


Nenhum comentário:

Postar um comentário