IGREJA APOSTÓLICA VIDA ABUNDANTE

IGREJA APOSTÓLICA VIDA ABUNDANTE
2017 Ano da Paternidade

segunda-feira, 27 de agosto de 2012

NESTA QUARTA CONTINUA, A CAMPANHA DE ORAÇÃO, VENHA RECEBER UMA PALAVRA DE DIREÇÃO PARA ROMPER OS SEUS LIMITES, QUARTA ÁS 19:30H, AQUI NA VIDA ABUNDANTE, ESPERAMOS POR VOCÊ! SHALOM


Nick Vujicic, evangelista cristão que não tem braços e pernas, anuncia que será pai: ‘Deus é muito bom’

Nick Vujicic, evangelista cristão que não tem braços e pernas, anuncia que será pai: ‘Deus é muito bom’
O palestrante motivacional evangélico e evangelista Nick Vujici, conhecido mundialmente como um exemplo de superação, por não ter braços e pernas, anunciou recentemente que será pai.
Casado desde fevereiro desse ano, Vujici anunciou pelo Facebook a gravidez de sua esposa, que está no 13º mês de gestação, segundo o The Christian Post.
- Minha esposa e eu estamos esperando!!! Estamos na 13° semana de gravidez!! Deus é muito bom!! – escreveu o evsngelista em sua página da rede social.
O evangelista nasceu com uma síndrome de tetra-amelia, uma desordem rara caracterizada pela ausência dos quatro membros (braços e pernas).
Pela forma que encara sua deficiência, Nick se tornou um exemplo de superação e sua fé e confiança em Deus já inspiraram a muitos, sendo convidado a dar palestras por todo o mundo falando sobre o papel vital de Deus no modelar e renovar de sua vida, que era cheia de depressão e amargura.
Autor de “Vida Sem Membros”, o cristão se casou com Kanae Miyahara, na Califórnia e, mesmo sem braços e pernas, já realizou feitos que muitos não fizeram, como surfar na praia de Waikiki, conduzir uma orquestra de 60 instrumentos, ir aos bairros pobres da Índia e Egito, ou realizar acrobacias de circo para um filme de Hollywood.

Liderado pelo ex-roqueiro Cláudio Brinco, “culto dos príncipes” é destaque na revista IstoÉ

Liderado pelo ex-roqueiro Cláudio Brinco, “culto dos príncipes” é destaque na revista IstoÉ
O “culto dos príncipes”, liderado pelo pastor Claudio Mauri, o Brinco, foi destaque na sessão de comportamento do site da revista IstoÉ. Segundo o destaque da revista, na reunião Brinco “defende valores como a virgindade masculina antes do casamento e atrai centenas de fiéis”.
A reunião acontece a cada 15 dias no salão do Clube Olympico, em Copacabana, alugado pela Igreja Celular Internacional (ICI). No culto, que tem a entrada de mulheres proibida, os jovens ouvem conselhos e instruções de Cláudio Brinco sobre sexo, relacionamento amoroso e religião.
- Estamos tentando resgatar os valores que foram perdidos. Vamos andar na contramão do que o mundo dita – conclama Brinco, que já teve seus dias de mulherengo. Ele o menciona ainda a cunhada Sara Sheeva, que ministra celebração semelhante, mas direcionada exclusivamente ao sexo feminino: – A pastora Sara fala, com razão, que sou um ex-cachorrão.
O jornalista Wilson Aquino, que esteve na reunião no último dia 16, destacou que apesar de as reuniões normalmente lotarem, naquela quinta feira apenas 40 fiéis estavam presentes. Aquino afirma também que a palestra do pastor é repleta de frases de efeito, como por exemplo: “se a mulher quiser dar, foge porque não é princesa”. Ele destaca ainda que Brinco exibia a “Bíblia” para afirmar que sexo fora do casamento é pecado de fornicação, mas que pouco consultava o livro sagrado para falar aos fiéis.
O sucesso dessas reuniões foi comentado pela psicóloga e terapeuta sexual Margareth dos Reis:
- Numa sociedade tão erotizada, de repente falar em castidade acaba chamando a atenção – observa, ressaltando ser importante não criar uma normatização para a vida sexual. Segundo ela se esse modelo (de castidade) é coerente com aquilo que o casal acredita, é provável que faça bem.
O professor de ciência da religião da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) Jorge Cláudio Ribeiro também comentou o assunto, afirmando que nesse modelo defendido no culto dos príncipes “é castidade antes do casamento e depois vai à forra”.
- Pastores e pastoras podem casar e sabem o que é relação sexual. O que não é o caso da Igreja Católica, que defende o sexo somente para procriação – destaca o estudioso.

Reverendo da Igreja Anglicana usa a Bíblia para defender a prática do naturismo

Reverendo da Igreja Anglicana usa a Bíblia para defender a prática do naturismo
Bob Horrocks, 55 anos, é reverendo de uma Igreja Anglicana em Bolton, na Inglaterra, e costuma passar seu tempo livre em clubes naturistas. O reverendo é naturista há seis anos, e está participando de um documentário intitulado ‘Is it a sin to bare our flesh?’ (É pecado para descobrir a nossa carne?), onde fala de seu estilo de vida e defende o naturismo usando a Bíblia, afirmando que não há nada anticristão em seu comportamento.
- Eu me senti livre. Mas, então, por ser um ministro da Igreja, pensei: Isso está certo? Pesquisei na Bíblia e achei várias coisas positivas. Não há nada condenando a simples nudez – afirma o reverendo, que conta ter descoberto o naturismo depois de encontrar-se em uma praia de nudismo quando estava de férias nas Ilhas Canárias (Espanha), cerca de seis anos atrás.
- Eu estava indo para um mergulho, quando notei que as outras pessoas não estavam com roupas – relatou.
O religioso defende que a nudez não é algo condenável pelos padrões Bíblicos, e que não era algo visto com maus olhos nos tempos bíblicos.
- Ela fazia parte da vida na época de Jesus. É algo que eu teria amado ter descoberto quando eu era muito jovem – afirma Horrocks, ao explicar sobrea nudez.

O Segundo Filho de Deus: Em novo filme de Renato Aragão, Jesus fracassou e Didi irá substitui-lo em “contos bíblicos”

O Segundo Filho de Deus: Em novo filme de Renato Aragão, Jesus fracassou e Didi irá substitui-lo em “contos bíblicos”
O humorista Renato Aragão, famoso pelo personagem Didi dos Trapalhões, vai estrelar um filme no qual viverá um suposto “filho de Deus”, enviado para cumprir a missão na qual Jesus teria falhado.
- Como Jesus veio à Terra e não conseguiu cumprir a sua missão, porque os homens não deixaram, Deus resolve mandar um segundo filho. Aí, sim, Ele cumpre a missão – explica Aragão sobre o roteiro do filme, segundo o site Padom.
A polêmica produção, intitulada “O Segundo Filho de Deus”, está sendo anunciada como tendo seu enredo será baseado em “contos bíblicos”, para contar a estória de que Jesus não cumpriu sua missão na terra, e por isso Deus envia o seu segundo filho para concluí-la.
Orçado em 8,1 milhões de reais, o filme será dirigido por Paulo Aragão, e será o 49º filme da carreira do comediante, que é também escritor, diretor e produtor.
Como escritor, Renato Aragão escreveu recentemente seu primeiro romance “Amizade Sem Fim”. Com claras alusões ao espiritismo, o livro conta história do jovem empresário Ely, que abre a mão de sua fortuna para empreender uma busca interior, recorrendo à regressão hipnótica, através da qual acaba descobrindo que numa de suas vidas passadas, foi amigo íntimo de Jesus Cristo.
- Até pensei em fazer regressão para escrever sobre o assunto com mais consciência, mas ficou só na vontade. No final das contas, pensei: ‘Ah, não vou entrar nessa não! – disse Renato sobre o livro.

terça-feira, 21 de agosto de 2012

O pastor iraniano Yousef Nadarkhani, preso há 1000 dias, deve se apresentar novamente diante do tribunal do Irã

O pastor iraniano Yousef Nadarkhani, preso há 1000 dias, deve se apresentar novamente diante do tribunal do Irã
Dentro de menos de um mês o pastor iraniano Yousef Nadarkhani irá se apresentar novamente diante de um tribunal iraniano. O Irã exigiu que o pastor comparecesse no tribunal no dia 08 de setembro de 2012, às 9h para responder pelas “acusações feitas contra ele”, segundo informou o Centro Americano para Lei e Justiça (ACLJ).
O ACLJ acompanha de perto o caso do pastor, e informou também que não está claro na Carta de Intimação, se Nadarkhani estará respondendo pelo crime de apostasia ou se foram apresentadas novas acusações contra ele, que até agora são desconhecidas.
O mais provável, porém, é que o pastor realmente seja acusado por declarar sua fé em Jesus, “crime” que viola a constituição iraniana, de acordo com o ACLJ, que afirma continuar trabalhando no caso do pastor, entrando em contato com autoridades no Irã, com Departamento de Estados e Diplomatas estrangeiros, para pressionar o governo Iraniano a fim de libertá-lo.
- Nosso Tweet para Yousef campanha continua a crescer, atingindo agora mais de 2,8 milhões de contas do Twitter em todo o mundo com informações diárias e atualizações sobre Yousef Pastor – divulga a ACLJ.
Redação Gospel+

Homem esfaqueia padre durante missa e afirma que “estava fazendo uma obra de Deus”

Homem esfaqueia padre durante missa e afirma que “estava fazendo uma obra de Deus”
Um homem esfaqueou um padre durante uma missa na Catedral de Santo Antônio, em Piracicaba, interior de São Paulo.
O monsenhor Jamil Nassif Abib, de 72 anos, foi atingindo no lado esquerdo do tórax com uma faca de 20 centímetros de lâmina, mas nenhum órgão vital foi atingido.
De acordo com as testemunhas, o agressor estava na igreja observando os quadros, quando correu em direção ao monsenhor: “O rapaz gritou ‘padre, padre’, tirou a faca do bolso e disparou o golpe”, revelou o publicitário Ariovaldo Romano, um dos que ajudaram a conter o agressor.
Camilo Nelson Pimpinato, um aposentado que atua como ministro na Catedral, contou que no momento do atentado estava altar, e revelou que houve correria entre os fiéis: “Muitos saíram correndo com medo de que o rapaz estivesse armado e atirasse contra os fiéis. Outros ficaram assustados e passaram mal”, afirmou, em entrevista ao G1.
O homem foi preso pela Guarda Municipal da cidade e identificado como Luiz Fernando Gonçalves, de 24 anos. De acordo com depoimento do rapaz, no momento que esfaqueou o padre, ele “estava fazendo uma obra de Deus”.
A polícia revelou que Gonçalves não aparentava estar sob efeito de álcool ou drogas, e deverá responder por tentativa de assassinato.
Redação Gospel+

Placa com os dizeres “Sorocaba é do Senhor Jesus Cristo” pode ser demolida por causa de representação feita por ateus

Placa com os dizeres “Sorocaba é do Senhor Jesus Cristo” pode ser demolida por causa de representação feita por ateus
Na entrada da cidade de Sorocaba, na lateral da alça de acesso da Avenida Dom Aguirre à rodovia Senador José Ermírio de Moraes (Castelinho), quem chega à cidade é recepcionado com uma placa que traz os dizeres “Sorocaba é do Senhor Jesus Cristo”, mas esse marco pode ser demolido por causa de ação movida por ateus.
Os estudantes de direito Ricardo dos Santos Elias e Henrique Pinheiros da Silva apresentaram pedido à Promotoria de Habitação e Urbanismo de Sorocaba para que seja apurada a constitucionalidade do monumento. Eles alegam que a instalação do marco pela prefeitura, em 2006, estaria ferindo o princípio de laicidade do estado.
De acordo com o Diário de Sorocaba, os estudantes alegam que a Prefeitura de Sorocaba incorre na prática de condutas em desacordo ao ordenamento jurídico do País, e invocam o artigo 19 da Constituição Federal que proíbe a União, o Distrito Federal, os Estados e os Municípios estabelecer cultos religiosos ou subvencionar, embaraçar-lhes o funcionamento ou manter com eles ou seus representantes relações de dependência ou aliança.
Segundo os estudantes o ato do poder público em autorizar a instalação do monumento constitui flagrante de desrespeito à laicidade do Estado e à diversidade religiosa e questionam: “Se Sorocaba é do Senhor Jesus Cristo”, como ficam os ateus, os animistas, os agnósticos, os muçulmanos, os hinduístas, os budistas, os judeus, e tantos outros que não professam à fé cristã?”.
O promotor de Justiça Jorge Alberto de Oliveira Marum instaurou procedimento preliminar, e para apurar junto à Prefeitura da cidade se a área na qual o monumento está instalado é pública ou particular. Se for particular, Jorge Marum exige informação se existe título de permissão ou cessão. O ato do promotor visa também verificar o valor gasto pelo poder público com o monumento.

Menina cristã de 11 anos com síndrome de down pode ser condenada à morte por blasfêmia

Menina cristã de 11 anos com síndrome de down pode ser condenada à morte por blasfêmia
No Paquistão, mais uma acusação contra um cristão pode terminar em morte, desta vez, Ramsha, uma menina de apenas 11 anos, foi acusada de blasfêmia, por ter rasgado 10 páginas do Alcorão. Segundo as autoridades policiais, a garota, que é analfabeta e teria síndrome de down, mesmo com muita dificuldade para falar declarou que não sabia se tratar do livro sagrado dos muçulmanos.
De acordo com a lei paquistanesa, o crime de blasfêmia é punido com a pena de morte, mas, um comunicado da presidência do Paquistão argumentando sobre a impossibilidade de Ramsha compreender o conteúdo do livro, por não saber ler, pode ser uma chance para que a garota escape da condenação, cuja pena máxima é a execução.
Após a divulgação do caso, aproximadamente 150 pessoas se dirigiram ao bairro cristão onde a Ramsha mora para protestar, a multidão ameaçou queimar a menina por causa de seu ato. Assustados, centenas de famílias cristãs fugiram do local temendo o ataque dos manifestantes. Porém, a polícia conseguiu deter a ação dos agressores.
Asif Ali Zardari, presidente do Paquistão, solicitou que o Ministério do Interior investigasse o caso com urgência, ressaltando que as minorias do país devem ser protegidas “de qualquer uso errôneo da lei da blasfêmia”. De acordo com informações veiculadas pelo Daily Mail, a acusação contra a menina Ramsha pode ser retirada tão logo haja apuração sobre o caso, assim como quando diminuir a cólera da população.
Embora o governo paquistanês esteja dando atenção ao caso, ativistas de direitos humanos têm denunciado a utilização da lei da blasfêmia como elemento de intolerância religiosa, quando ela é manipulada pelos grupos maiores, predominantemente muçulmanos, para perseguir grupos menores, como os cristãos, que atualmente representam pouco mais de 1% da população do país.
Redação Gospel+

terça-feira, 14 de agosto de 2012

3ª NOITE DA FESTA - CONFIRA AS FOTOS

 A 3ª NOITE DA FESTA COMEÇOU ANIMADA COM MUITO LOUVOR

O MINISTÉRIO DO LOUVOR VIDA ABUNDANTE CELEBROU A DEUS

AS BARRAQUINHAS CONTINUARAM A TODO VAPOR

PARA O ENCERRAMENTO DA FESTA, RECEBEMOS O TONZÃO (EX-HAVAIANO)

ASSISTA O VÍDEO DA FESTA:


A MULTIDÃO CELEBROU NO PASSINHO DO ABENÇOADO

 NA HORA DO LANCHE UMA FOTO COM OS PRS ALEXANDRE E LÚCIA DALTRO

PR MAURO SILVA E O TONZÃO NO FINAL DA FESTA

DANILO DALTRO E A DÉBORA DALTRO COM OS DANÇARINOS DO TONZÃO

ANO QUE VEM TEM MAIS!

segunda-feira, 13 de agosto de 2012

2ª NOITE DA AGOSTO DE DEUS A FESTA 2012

MUITA ALEGRIA NA SEGUNDA NOITE DA FESTA

OLHA A CARA DE FELICIDADE DO HERALDO, COM SEU FILHO,NORA E NETINHO 

ELIANDRO E VIVIANE CASAL DE EXCELÊNCIA 

ANDRÉ E GLENA QUEBRANDO TUDO NAS BARRAQUINHAS 

PASTORA SCHEILA E A CLÁUDIA NO PASTEL 

MUITA ALEGRIA NA FESTA 

JULYANE DALTRO E AS MENINAS DE ENG. PEDREIRA FIZERAM A FESTA AQUI 

MUITA ALEGRIA NA PRESENÇA DE DEUS 

UMA APRESENTAÇÃO LINDA DO PRAGOD RIO! VALEU GALERA 

ATÉ AXÉ O PASTOR ALEXANDRE DALTRO DANÇOU, COM ANDRÉ DALTRO E O COREÓGRAFO DO PRAGOD RIO

AGOSTO DE DEUS A FESTA 2012 - VEJA AS FOTOS DO 1º DIA

FOI ASSIM A PRIMEIRA NOITE DA AGOSTO DE DEUS 2012

A GALERA DAS BARRAQUINHAS ESTAVA ANIMADA

OLHA AI O BISPO DANIEL LOPES E A FAMÍLIA APROVEITANDO A FESTA

AS MENINAS DA DANÇA INFANTIL FIZERAM UMA LINDA DANÇA

A PASTORA LÚCIDA DALTRO E A BISPA ANA, AMIGAS DE MINISTÉRIO

A GALERA DO LOUVOR NA PRESENÇA DO SENHOR

SERVINDO E CELEBRANDO

FECHANDO A 1ª NOITE ADRIANO GOSPEL FUNK SACUDIU A GALERA

VALEU ADRIANO, VOCÊ É UM AMIGO COMPROMETIDO COM O REINO!
ADRIANO GOSPEL FUNK E A JULYANE DALTRO

quinta-feira, 9 de agosto de 2012

Psicólogos cristãos recebem notificação do Conselho Regional de Minas Gerais para retirar de seu site referências à fé cristã


Psicólogos cristãos recebem notificação do Conselho Regional de Minas Gerais para retirar de seu site referências à fé cristã
As relações entre os psicólogos cristãos e os conselhos regionais de psicologia voltaram à tona com uma determinação que o Corpo de Psicólogos e Psiquiatras Cristãos (CPPC) recebeu da Comissão de Orientação e Fiscalização do Conselho Regional de Psicologia (CRP) de Minas Gerais.
De acordo com o site Verdade Gospel, na notificação oficial, o CRP exigiu que o fossem retiradas do site da associação as palavras: “Psicólogo”, “Cristão” e “Psicologia Cristã”, como também informações sobre os profissionais associados, sob pena de serem penalizados, inclusive pelo Conselho Federal de Psicologia.
Porém, no site do CPPC, o grupo afirma que não defende a existência de uma psicologia cristã, mas sim que cristãos pratiquem a psicologia, sem negar sua fé.
- Acreditamos que não é adequado falar que praticamos “Psicologia Cristã/Psiquiatria Cristã”, como se fosse uma ciência diferente da que aprendemos nas universidades. Não é. O diferencial nesse caso somos nós, as pessoas que a praticam, nós é que somos cristãos – afirma o site.
Essa situação é semelhante à sofrida recentemente pela psicóloga Marisa Lobo, que foi pressionada a retirar de seu site e perfis em redes sociais termos que relacionassem o exercício de sua profissão como psicóloga com sua fé cristã.
O CPPC afirma que a questão foi discutida na Diretoria Nacional e que junto com o Conselho Consultivo foi buscada assessoria de advogados para a questão. Agora, o Corpo de Psicólogos e Psiquiatras Cristãos está aguardando o posicionamento do Conselho Regional sobre o assunto.
A legislação atual permite que Conselhos profissionais fiscalizem o exercício da profissão de psicólogo, mas não têm competência para controlar associações civis, como é o caso do CPPC.
Em comunicado aos associados da CPPC, inclusive os de Minas Gerais, o presidente da associação, Karl Kepler, pede serenidade.
- Que nos juntemos em oração, pois é só de Deus que depende o bom resultado desse confronto. Que Ele nos conceda a coragem para continuar como testemunhas da Verdade, inclusive sobre nossa fé, mas com a sabedoria e mansidão necessária para falar aos que não partilham dela – diz Kepler em nota.


15 cristãos são mortos em ataque a igreja na Nigéria, e grupo extremista islâmico exige que presidente cristão se converta ou renuncie ao cargo

15 cristãos são mortos em ataque a igreja na Nigéria, e grupo extremista islâmico exige que presidente cristão se converta ou renuncie ao cargo
Na noite dessa segunda feira um grupo de homens armados invadiu a igreja evangélica “Deeper Life Bible Chuch”, que fica na região central da Nigéria, onde abriram fogo e mataram ao menos 15 pessoas. Esse ataque se soma às dezenas de outros atentados contra cristãos, ocorridos nos últimos meses no país.
O porta-voz do governo do estado de Kogi, Jacob Ed, confirmou à agência France que o ataque resultou em pelo menos 15 mortes. De acordo com o tenente-coronel Gabriel Olorunyomi, chefe da Força de Tarefa Conjunta do Estado de Kogi, entre os mortos estava o pastor da igreja, ele relata também que quatro fiéis morreram depois, em consequência de seus ferimentos.
De acordo com a France Press, o ataque ainda não foi reivindicado. Porém, o grupo islamita Boko Haram reivindicou ataques contra igrejas nas regiões norte e central da Nigéria nos últimos meses, como parte de uma ofensiva que matou centenas de pessoas.
O Boko Haram já afirmou ter como intenção exterminar o cristianismo do país, e na ofensiva motivada por essa intenção já matou centenas de pessoas em dezenas de ataques a igrejas e até mesmo ao prédio da ONU na capital do país, Abuja.
Abubakar Shekau, chefe do grupo radical, apareceu recentemente em um vídeo publicado na internet, no qual classifica o presidente norte-americano Barak Obama de ‘terrorista’, e exige que o presidente da Nigéria, Goodluck Jonathan, converta-se ao Islã ou renuncie ao cargo.
O grupo extremista, tem como objetivo declarado a implantação da sharia (lei islâmica) como regra no país. Com sua campanha violenta, que começou em meados de 2009, depois que seu fundador, Mohammed Yusuf, morreu sob custódia da polícia, o grupo já conseguiu cumprir seus objetivos em 12 estados do norte da Nigéria.

José – De Escravo a Governador: minissérie da Record será baseada em conflitos familiares

José – De Escravo a Governador: minissérie da Record será baseada em conflitos familiares
Depois do sucesso da minissérie “Rei Davi”, a rede Record prepara mais uma produção inspirada em uma história da Bíblia, “José – De escravo a governador”. Viviane de Oliveira, que foi responsável pelos textos das minisséries bíblicas anteriores, “Rei Davi” e “A história de Ester”, também assinará o texto da nova produção, a autora já revelou alguns detalhes sobre a minissérie, dentre eles, o de que o foco principal será os conflitos familiares.
“É uma história bem difícil, mas diferente da complexidade de Davi. Davi era uma trama de muitos eventos, muitas guerras, relações políticas. Davi, principalmente, era um anti-herói. Ele era um homem muito bom, mas às vezes cometia atos não tão nobres. José era um home mais linear, não tem grandes eventos. É uma trama bem focada na família, nos dramas menores. Vamos mostrar o ser humano como ele é.”, explicou a autora.
Ela ainda comentou sobre a descrição sucinta da história de José na Bíblia, “Contar essa história foi mais fácil, porque Davi era uma vida, era uma história muito grande. José é para poucos capítulos, mas dá caldo para mais. A trama não abrange muitas gerações, muitos livros da Bíblia. Ela é condensada em uma pequena parte de Gênesis”.
Viviane também elogiou a escolha do elenco da minissérie, que contará com os atores Ângelo Paes Leme, Maytê Piragibe, Babi Xavier, Guilherme Winter, Caio Junqueira, Camila Rodrigues e Rick Taveres. “O elenco é belíssimo, foi muito bem escalado”, disse a autora.

Governo vai atrasar o “plano pró-gay” para não perder votos entre evangélicos e católicos, afirma jornalista

Governo vai atrasar o “plano pró-gay” para não perder votos entre evangélicos e católicos, afirma jornalista
Em função das eleições municipais desse ano, o governo federal estaria adiando o lançamento do Plano Nacional de Cidadania para Gays, Lésbicas, Bissexuais e Transexuais. Isso é o que afirma o colunista do Estadão, Roldão Arruda, que alega que essa suposta desaceleração na agenda gay por parte do governo federal é uma manobra para não afastar os eleitores cristãos.
O jornalista afirma que assessores do governo haviam revelado a intenção do governo em adiantar o plano de políticas públicas em favor dos homossexuais, mas que esse plano agora se encontra estagnado por causa da proximidade com as eleições. Segundo ele, a proposta que estava prevista para ser lançada entre os meses de agosto e setembro agora não tem mais prazos definidos.
- Em maio, assessores envolvidos na elaboração da proposta haviam revelado que o Palácio do Planalto estava disposto a acelerar o processo e que o prazo de lançamento, previsto para dezembro, poderia ser adiantado para agosto ou setembro. Agora, porém, não se fala mais em prazos – relata.
De acordo com Roldão, no último mês a proposta foi discutida e aprovada em um conselho nacional ligado à Secretaria de Direitos Humanos, de onde seguiu para a Casa Civil da Presidência da República e, de lá, para os 18 ministérios que participarão das ações, que têm até setembro para apresentar suas propostas de orçamento para a pauta.
Roldão afirma que com essa redução de ritmo o lançamento do projeto pode vir a acontecer em dezembro, ou até mesmo no próximo ano. Ele aponta que esse adiamento tem por motivação cativar os eleitores evangélicos e católicos nas eleições municipais desse ano.
- O que preocupa o governo agora são as eleições municipais e suas articulações políticas. Elas envolvem, é claro, grupos ligados a igrejas evangélicas, cada vez mais presentes na cena eleitoral e, na maioria das vezes, contrários às reivindicações dos gays. Só em São Paulo, 15 pastores vão concorrer a cadeiras na Câmara dos Vereadores – critica o jornalista.