IGREJA APOSTÓLICA VIDA ABUNDANTE

IGREJA APOSTÓLICA VIDA ABUNDANTE
2017 Ano da Paternidade

quarta-feira, 14 de março de 2012

Pastor africano é preso por assassinar a namorada grávida com ajuda do filho

Pastor africano é preso por assassinar a namorada grávida com ajuda do filho
Um pastor tele-evangelista do Quênia, na África, foi detido pelo assassinato de sua namorada grávida de quatro meses, que morreu pouco depois de ser atacada no fim de semana.
Segundo o The Christian Post, o Pastor Paul Ng’ang’a Wanjiru da igreja Poços de Fé e seu filho James Mutua estão atualmente detidos pelo assassinato de Caroline Chinjira, uma empregada do Hotel PanAfric que disse ter sido estrangulada antes de fugir para encontrar ajuda.
Antes de morrer de hemorragia profusa durante o socorro no Hospital Nacional de Kenyatta, ela narrou sua história para a polícia que prendeu a dupla de pai e filho após sua morte. O incidente começou na sexta-feira quando os dois homens acusados ​​estavam indo para casa de Chinjira.
Paul supostamente não queria que a notícia da gravidez de sua namorada se espalhasse, e embora tenha outro filho com ela, ele e o filho planejavam matá-la. Eles dirigiam por um desvio ao sul de Lang’ata, quando James se sentou no banco de trás e começou a estrangular a vítima, enquanto seu pai dirigia lentamente.
Durante a luta, no entanto, a vítima conseguiu dominar o filho e pulou para fora do carro em movimento, correndo a pé em direção a Ngong Road, procurando desesperadamente por ajuda.
“Isso levou os policiais de plantão a deterem o pastor brevemente após a mulher relatar ter sido espancada, e o liberou sob fiança. Mas ele foi preso depois que ela morreu.” disse um policial local.
Após a notícia do assassinato de Chinjira, membros da congregação Poços de Fé ficaram indignados e demoliram o edifício da igreja onde o pastor assassino pregava.
Fonte: Gospel+

Nenhum comentário:

Postar um comentário