IGREJA APOSTÓLICA VIDA ABUNDANTE

IGREJA APOSTÓLICA VIDA ABUNDANTE
2017 Ano da Paternidade

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

Apóstolo Renê Terra Nova faz campanha para trazer de volta para o Brasil corpos de pastores mortos em acidente

Apóstolo Renê Terra Nova faz campanha para trazer de volta para o Brasil corpos de pastores mortos em acidente
O apóstolo Renê Terra Nova, líder do Ministério Internacional da Restauração (MIR), está movendo uma campanha no Twitter com o objetivo de pressionar as autoridades dos Estados Unidos a liberar, com maior agilidade, os corpos dos membros da igreja que morreram em um acidente no país no último domingo.
De acordo com representantes da Igreja no Brasil como o acidente se deu por causa violenta, os trâmites dos Estados Unidos são diferentes aos do Brasil e a liberação dos corpos dos pastores José Júnior do Carmo e de seus familiares deve durar até duas semanas.
A campanha está sendo feita com mensagens marcadas com a tag #TrazerOsBrasileirosDeVoltaParaCasa, e chegou a figurar na lista do Trending Topics (temas mais comentados da rede social). A mobilização leva diversas mensagens pressionando as autoridades a acelerarem o processo de liberação dos corpos. Uma das mensagens diz “Os pais precisam sepultar seus filhos. Vamos Nos Unir! #TrazerOsBrasileirosDeVoltaParaCasa”.
O pastor José Júnior do Carmo estava em uma minivan com cinco familiares no momento do acidente. Apenas uma pessoa da família sobreviveu ao acidente: sua filha, a adolescente Lidiane, de 15 anos, que segue internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital Shands at the University of Florida.
Durante a semana a imprensa americana afirmou que Leticia pode ser deportada do país assim que receber alta. Mas familiares e amigos afirmam se tratar apenas de um boato infundado.
De acordo com o pastor Alonso Oliviera, que é amigo da família, nenhum agente de imigração procurou os familiares que acompanham a jovem no hospital. Mas ele afirma que os amigos da família estão contratando um advogado para cuidar do caso da adolescente. “Estamos vendo algumas possibilidades para que não aconteça nada”, disse o pastor.
O governo americano ainda não se pronunciou sobre o caso. De acordo com a agência de notícias Efe as autoridades de imigração americanas negaram que estejam planejando deportar a jovem brasileira.
“Não tivemos nenhum contato com a família Carmo e não temos interesse nesse caso, apenas demos nossas condolências à jovem e sua família”, declarou um porta-voz do Escritório de Imigração e Alfândegas (ICE).
Fonte: Gospel+

Nenhum comentário:

Postar um comentário