IGREJA APOSTÓLICA VIDA ABUNDANTE

IGREJA APOSTÓLICA VIDA ABUNDANTE
2017 Ano da Paternidade

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Pastor cristão é condenado a pena de morte no Irã por se recusar a mudar de religião


Um pastor que se converteu do islamismo para o cristianismo foi condenado à pena de morte no Irã por recusar voltar à sua antiga religião. As informações são do jornal britânico "Daily Mail".
Youcef Nadarkhani, 34, se recusou a cumprir uma ordem judicial que o obrigava a se converter novamente ao islamismo. A sentença foi proferida por uma corte na província de Gilan, na cidade de Rasht.
O pastor foi detido em outubro de 2009 quando tentava registrar sua igreja na cidade. Youcef começou a questionar a supremacia dos muçulmanos para doutrinar as crianças, e acabou acusado de tentar "evangelizar" muçulmanos e de abandonar o islamismo, o que pode levar à pena de morte no país.
Sua primeira condenação aconteceu em 2010, mas a Suprema Corte do Irã interveio e conseguiu adiar a sentença. Ao ser revisto, o processo resultou na mesma condenação ao fim do sexto dia de audiência, nesta quinta-feira.
No tribunal, o pastor disse que não tinha intenção de voltar ao islamismo, chamando sua crença anterior de "blasfêmia". 
Agora, a defesa de Youcef tentará novamente recorre à Suprema Corte, pedindo a anulação da pena. O advogado de Youcef, Mohammed Ali Dadkhah acredita que tem 95% de chance de anular a sentença.  No entanto, alguns apoiadores temem que a Suprema Corte demore para analisar o pedido e o pastor seja executado nos próximos dias.
O ministro de Relações Exteriores britânico, William Hague, comentou o caso e pediu que o Irã cancele a sentença. "Eu repudio o fato de que Youcef Nadarkhani, um líder cristão, possa ser executado por se recusar a cumprir a ordem da Suprema Corte para que ele se convertesse ao islamismo. Isso demonstra que o regime iraniano continua não respeitando o direito à liberdade religiosa".
O último cristão executado por questões religiosas no Irã foi o pastor da Assembleia de Deus, Hossein Soodmand, em 1990. No entanto, dezenas de iranianos que se converteram ao cristianismo foram misteriosamente assassinados nos últimos anos.

A VERDADE SOBRE O HALLOWEEN - DIA DAS BRUXAS - 31 DE OUTUBRO

A palavra Halloween  tem origem na Igreja católica. Vem de uma corrupção contraída do dia 1 de novembro, "Todo o Dia de Buracos" (ou "Todo o Dia de Santos"), é um dia católico de observância em honra de santos. Mas, no século V DC, na Irlanda Céltica, o verão oficialmente se concluía em 31 de outubro. O feriado era Samhain, o Ano novo céltico. 
Alguns bruxos acreditam que a origem do nome vem da palavra hallowinas - nome dado às guardiãs femininas do saber oculto das terras do norte (Escandinávia).


O Halloween marca o fim oficial do verão e o início do ano-novo. Celebra também o final da terceira e última colheita do ano, o início do armazenamento de provisões para o inverno, o início do período de retorno dos rebanhos do pasto e a renovação de suas leis. Era uma festa com vários nomes: Samhain (fim de verão), Samhein, La Samon, ou ainda, Festa do Sol. Mas o que ficou mesmo foi o escocês Hallowe'en.
Uma das lendas de origem celta fala que os espíritos de todos que morreram ao longo daquele ano voltariam à procura de corpos vivos para possuir e usar pelo próximo ano. Os celtas acreditavam ser a única chance de vida após a morte. Os celtas acreditaram em todas as leis de espaço e tempo, o que permitia que o mundo dos espíritos se misturassem com o dos vivos.
Como os vivos não queriam ser possuídos, na noite do dia 31 de outubro, apagavam as tochas e fogueiras de suas casa, para que elas se tornassem frias e desagradáveis, colocavam fantasias e ruidosamente desfilavam em torno do bairro, sendo tão destrutivos quanto possível, a fim de assustar os que procuravam corpos para possuir, (Panati).
Os Romanos adotaram as práticas célticas, mas no primeiro século depois de Cristo, eles as abandonaram.
O Halloween foi levado para os Estados Unidos em 1840, por imigrantes irlandeses que fugiam da fome pela qual seu país passava e passa ser conhecido como o Dia das Bruxas.


O MAL QUE O HALLOWEN FAZ


DIA DAS BRUXAS - HALLOWEEN
31 de outubro

Mais do que simples travessuras ou doces, nos traz a verdadeira versão da tradicional festa norte-americana, Halloween, comemorada no dia 31 de outubro. Na verdade, o dia das bruxas não passa de uma festa pagã, em sua origem e prática, e significa uma das datas mais importantes para os adeptos da igreja satânica.

Muitos bruxos, satanistas e adoradores do diabo se preparam, durante todo o ano para estas festividades. Além de ser considerada por eles, o aniversário de satanás, é o dia ideal para fazer sacrifícios humanos e pactos satânicos. No período de 15 dias antes da data de 31 de outubro e 15 dias após os seguidores do diabo sacrificam pessoas, confiados na promessa de que alcançarão mais poder e prosperidade. Conforme as estatísticas, inclusive as do FBI, nos meses de agosto, setembro e outubro acontecem várias atrocidades, inclusive o desaparecimento de crianças do mundo inteiro, principalmente nos EUA.

A autora do livro "Satanás Escondido" conta que uma destas comemorações de Halloween, tentaram introduzi-la em um ritual satânico e pediram que sacrificasse uma criança recém-nascida. Neste mesmo livro, ela relata que muitas das moças desaparecidas nos meses de março e abril, são usadas para a procriação, e seu fetos sacrificados na época do Halloween. Os moradores de Anaheim, CA, também sabem e sentiram os efeitos desta Convenção de Satanás. A própria policia da cidade pede aos crentes que tomem algum tipo de providência, pois reconhecem que do Centro de Convenções de Bruxos, emana uma onda de violência e maus presságios. Os bruxos e adoradores do diabo não perdem tempo. Eles traçam metas horríveis para combater os cristão como, por exemplo, a destruição de 60 mil famílias por ano. Fora isso, trabalham incansavelmente, para que milhares de jovens e crianças sejam envolvidas e aprisionados pelas drogas, prostituição e violência, confirmando algumas histórias da dramaturgia cinematográfica americana.

Conforme Joel Engel, pastor da Igreja do Evangelho Quadrangular do Rio Grande do Sul, o mais alarmante nesta história toda é que muitas igrejas estão participando das celebrações de Halloween. Além disto, vestem suas crianças de personagens bíblicos alegando que é uma opção . Para o pastor, não existe opção para este tipo de festa, pois de qualquer forma, a atitude do crente deve ser a de combater e não a de consentir com a comemoração. "A participação do halloween é uma desonra para o Senhor Jesus Cristo. O problema é que muitos não acreditam nem mesmo na Palavra de Deus que é bem clara ao afirmar: "as bruxas, os feiticeiros, os gatos negros, os faróis de abóboras e outros misticismos malignos, são símbolos de tudo aquilo que é abominável a Deus", frisa e também adverte: "Irmão, fique longe de toda a celebração satânica, com certeza, ela entristece ao Espírito Santo de Deus."

Doces travessuras ou bruxarias?

Faz muito pouco tempo que o Halloween ficou reduzido a uma pequena festa para as crianças. Mesmo no passado, a festa folclórica cultuada pelos americanos não significa nada de bom e oportuno. Seus símbolos e práticas foram tirados diretamente do paganismo, do mal, da morte e do ocultismo. De acordo com os manuscritos históricos, a celebração antiga do halloween era feita pelos druidas em honra a Samhain, o Senhor dos mortos, no primeiro dia do mês de novembro. Eles acreditavam que na véspera deste dia Samhain chamava todas as almas malignas (espíritos) que, durante os doze meses passados, haviam sido condenados a habitar em corpos de animais. O Halloween era considerado "o caminhar universal de todas as almas e espíritos".

Conforme a bruxa paulista Rosa Maria Biancardi, em uma entrevista ao jornal O Tempo de Belo Horizonte, os Celtas há mais de 2 mil anos, festejavam o dia dos mortos na data de 31 de outubro, celebrando a travessia e a troca de energia com antepassados.

Os Druidas eram uma ordem sacerdotal da antiga Gaul e Bretanha, pagãos da religião Celta. Conforme os artigos mencionados nos textos de escritores gregos e romanos, entre o século II a.C. e o IV d.C., eles eram brutais, temidos pelo seu poder e tinham sede de sangue. Resolviam todas as disputas com uma decisão definitiva e inalterável, e castigavam com a morte. Além disso, seus altares destilavam o sangue de vítimas humanas. Algumas vezes, ofereciam homens, mulheres e crianças em holocausto, queimando-os em grandes torres de vime, como ofertas as suas supertições. Normalmente, os Celtas usavam os bosques para caça, pesca e a alimentação, mas também os utilizavam para as cerimônias demoníacas. Há evidencias, ainda, de que usavam as gigantescas pedras talhadas para decidir qual era o melhor dia para acalmar ao deus ou deuses de suas práticas misteriosas. Afirmavam que Samham convocava os maus espíritos daqueles que haviam morrido durante a realização dos ritos demoníacos.

Das crenças dos Druidas precedem o uso de bruxas, fantasmas e gatos que são utilizados nas festas de halloween. Eles acreditavam que os "gatos" eram sagrados e haviam sido pessoas castigadas por alguma má ação. Para livrarem-se da possessão diabólica, tinham que dar comida ou oferecer algo aos demônios, e arrumar-lhes hospedagem durante a noite. Se os espíritos ficassem satisfeitos com o que lhes davam, deixavam a casa em paz. Caso contrário, faziam um "trick" (truque, maldade), ou rogavam uma maldição de destruição sobre as pessoas que ali residiam.

A história explica

A história nos dá a resposta sobre o Halloween e porque a festa foi cristianizada pela igreja. Desde o tempo de Constantino (quem fez do catolicismo a religião do estado) os imperadores romanos perceberam que era necessário manter um império unificado, onde o maior número de pessoas professasse somente uma religião. Porém, uma lei foi implementada para forçar a todos os que não eram cristãos a aceitarem o cristianismo. Assim, um grande número de ateus se uniu à igreja trazendo as práticas e celebrações pagãs, como o halloween, tiveram que ser cristianizadas. Para a Igreja Católica, a única maneira de preservar os pagãos nas missas, era permitindo a prática de algumas tradições e costumes. Aos pagãos recém-convertidos, foi liberado para que guardassem alguns festivais, tais como o Halloween ou o Dia dos Fiéis Defuntos. Eles o usariam para comemorar a morte dos "santos".

Em 800 d.C. a Igreja Católica estabeleceu o Dia dos Fiéis Defuntos no dia primeiro de novembro, para que o povo desse continuidade das celebrações antigas. No entanto, a missa que se rezava neste dia se chamava "allhallowmas", e a noite anterior ficou conhecida como "allhallow even" ou halloween, que significa santificado ou noite santa.

Significado de alguns costumes do Dia das Bruxas

Treat or Trick

O costume moderno do "treat or trick", começou na Irlanda a centenas de anos, logicamente com base nestes costumes Druidas. Um grupo de trabalhadores do campo, em uma pequena cidade, resolveu fazer uma festa de halloween em homenagem aos seus antigos deuses. No entanto, saíram de casa em casa mendigando comida para a festa. Aos que contribuíam generosamente desejavam boa sorte e aos que não contribuíam faziam ameaças. Assim, a tradição continuou até nossos dias quando jovens e crianças saem de porta em porta, disfarçados de fantasmas, esqueletos e demônios, mendigando de certa por comida enquanto prometem não fazer maldades.

31 de outubro

Foram os Celtas que escolheram a data de 31 de outubro como véspera do ano novo separando-a também para celebrar todo o maligno, o malvado e o morto. Durante esta celebração costumavam reunir-se em volta de uma fogueira na comunidade, e ofereciam seus animais, suas colheitas e às vezes a si mesmos como sacrifício. Usavam disfarces feitos de cabeça e pele de animais e prediziam o futuro uns dos outros.

Abóbora iluminada

A aparente e inofensiva abóbora iluminada é um símbolo antigo de uma alma maldita e condenada. Elas são chamadas "Jack-O Lanterns", por causa de um homem chamado Jack, que não podia entrar nem no céu nem no inferno. Como resultado ele estava condenado a vagar pelas trevas com sua lanterna até o Dia do Juízo.

Por medo dele e dos fantasmas, as pessoas arrumavam as calçadas e colocavam velas acesas dentro das abóboras para espantar os espíritos maus.

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

TESTEMUNHO DO Pr ALDO NASCIMENTO - IMPRESSIONANTE!

DERRUBADO OS GIGANTES DA VIDA - NOVA CAMPANHA NA VIDA ABUNDANTE

Texto Base: “O teu servo matava, assim o leão como o urso, e este incircunciso filisteu será como um deles, porque afrontou os exércitos do Deus vivo. O Senhor livrou-me das garras do leão e do urso, ele também me livrará das mãos deste filisteu” (1 Sm 17.36-37).


Introdução: O capítulo 17 de 1 Samuel relata como Davi derrotou o gigante Golias, acertando uma pedra em sua cabeça e depois, lhe degolar. Porém antes que isso se tornasse realidade Davi tomou posições e atitudes que fizeram a diferença e possibilitaram que ele derrotasse aquele gigante. Talvez você também esteja lutando com gigantes, que estão te desafiando nas questões: familiares, financeiras, de trabalho, de saúde, etc.; aprenda com Davi três passos para derrubarmos qualquer gigante. Vejamos: 

1º. Creia no livramento de Deus. Sempre! Davi acreditou que o mesmo Deus que o respaldou para matar o leão e o urso o faria diante do gigante Golias, e Davi estava certo. Deus é assim! Está sempre disposto a te dar vitória em uma causa que lhe agrade o coração. Deus deseja te abençoar. A maior prova disso foi entregar o Senhor Jesus, seu filho unigênito, para ser sacrificado por nossos pecados. Na Cruz do Calvário, Deus em Cristo Jesus conquistou para nós a vitória sobre os gigantes da vida. Você está travando uma grande luta? Ela parece sem solução? Está difícil? Lembre-se! Você já é um vencedor e tudo foi conquistado na cruz. A vitória é certa, a tribulação vai passar, o deserto acabará e, mais uma vez, você sairá vencedor, basta crer no Deus que pode todas as coisas.

2º. Lembre-se que a guerra é do Senhor. Aquele gigante filisteu afrontou o exército do Deus vivo. Ele achava que aquele povo era um povo qualquer. Estavam errados. Somos um povo que temos a marca de Cristo, não somos qualquer um! Somos parte de um exército cujo Deus nunca perdeu uma só batalha. Não há derrota em Deus! Você é muito importante para Deus. Você é o melhor de Deus nesta terra. Nosso inimigo tenta desviar sua atenção do sucesso eminente. Ele (o inimigo) sabe que já perdeu, mas tenta provar o contrário, nos fazendo passar por momentos difíceis e nos levando a enfrentar gigantes. A quantos, Satanás puder enganar, ele o fará. Mas nunca esqueça, é o Senhor que peleja por aqueles que entregam suas vidas a Ele. Deus quer lutar suas guerras, só precisa que você queira.

3º. Veja o gigante como um derrotado. Davi em nenhum momento chamou Golias de gigante. Davi sempre se refere a ele como um filisteu, um homem comum, prestes a ser morto, colocando-o no mesmo nível do leão e do urso que havia vencido antes. Era só mais um obstáculo que será vencido. Nunca dê importância, além da merecida, a um problema. Não o transforme em um gigante. Se você está sendo provado é para ser aprovado. O Senhor já concedeu muitas vitórias antes e Ele o fará novamente. Peça a Deus para abrir seus olhos, e passe a contemplar a vitória e não o sofrimento. "A leve e momentânea tribulação não se pode comparar com o peso eterno de glória do por vir" (2 Co 4.17). A tribulação vem para produzir algo em você: Perseverança, experiência e esperança. "A Perseverança te conduz ao sucesso e ao êxito"

domingo, 25 de setembro de 2011

A VERDADE SOBRE COSME E DAMIÃO!

A VERDADE SOBRE COSME E DAMIÃO

       Os santos gêmeos são muito prestigiados e populares em todo o Brasil. Mas é em Salvador, Bahia, que a dupla ganha mais notoriedade, sobretudo no mês de setembro, quando são festejados, em grande estilo, com o famoso caruru.
          O prato ganha tanto a mesa dos ricos quanto a dos pobres, e é sempre seguido de muita fartura e festa. Uma das obrigações de quem prepara o caruru de preceito é pedir esmolas para conseguir os ingredientes necessários. Uma vez pronto, o alimento é servido, primeiramente, aos santos e, em seguida, a sete crianças. Somente depois vira banquete para os demais convidados e para a própria família que o preparou. O prato, à base de quiabo e dendê, tem origem na África, no culto da sociedade yorubá aos Ibeji.
        Todos os anos, ao se aproximar o dia 27 de setembro, data em que se comemora o Dia de Cosme e Damião, é comum encontrar pelas ruas de Salvador crianças e adultos atrás de esmolas (ingredientes) para a preparação do caruru dos santos. As pessoas mais abastadas pedem aos amigos uma ajuda simbólica, garantindo, assim, a tradição.
        Embora a comemoração seja obrigatória no dia 27, os carurus baianos, no entanto, acontecem durante todo o mês de setembro e prosseguem até outubro, quando são festejados, no dia 25, São Crispim e São Crispiniano, que normalmente são confundidos na crendice popular com Cosme e Damião.
       Representadas por duas crianças gêmeas, essas entidades eram cultuadas com presentes e oferendas de pratos típicos e doces nos rituais do Candomblé, que se repetem até os dias atuais. Entretanto, ao se tornarem escravos no Brasil, os africanos foram proibidos de cultuar seus santos de origem. Para burlar a vigilância de seus senhores, passaram a associar suas entidades aos santos católicos, o que chamamos de sincretismo.
       Para que pudessem festejar seus Ibejis ou Erês (que significa criança que gosta de oferendas), os escravos adotaram os santos gêmeos católicos Cosme e Damião. É por esse motivo que Cosme e Damião, até hoje, são associados a crianças e se oferece caruru, balas e doces no seu dia. Embora o culto aos gêmeos tenha-se originado em longínqua data e em vários pontos da Europa, foi no Brasil, no entanto, especialmente na Bahia, que a fé nos santos ganhou mais força, juntando-se às devoções das raças branca e negra.
       Hoje, é vasto o número de crianças que, durante várias gerações, tem sido ensinada por seus pais, professores e parentes a fazer pedidos a Cosme e Damião, com o fim de obter ajuda em suas necessidades. A Igreja Católica, por sua vez, apregoa que esses santos são protetores das crianças, dos gêmeos e padroeiros dos médicos.
        É costume entre os católicos a distribuição de balas e doces para as crianças no dia 26 de setembro. Segundo o padre Michelino Roberto, "pelo calendário oficial da igreja, a festa é celebrada no dia 26. Mas o povo prefere 27, data da inauguração da basílica que o papa Félix IV mandou erguer para os dois em Roma, no ano 500".1
       Será que há algum mal em permitirmos que as nossas crianças recebam esses doces ou balas? Ou, talvez, pedirmos proteção para elas a esses irmãos em Cristo que viveram séculos atrás? Afinal, eles não passam de cristãos que perderam a vida por amor a Cristo.
       Muitas dúvidas pairam na mente dos pais de famílias evangélicas ao presenciarem outras crianças na escola ou numa festa em seu bairro recebendo doces e balas sem maiores preocupações por parte de seus respectivos responsáveis. E questionam: "O que há de tão errado nisso? Não passam de crianças se divertindo".
      A partir de então, analisaremos esses respectivos personagens, a lenda que se criou em torno de sua personalidade e a influência negativa às nossas crianças caso elas participem desses festivais comemorativos incentivados pela Igreja Católica.2

Quem foram?
       Cosme e Damião eram irmãos gêmeos que, desde cedo, se envolveram com medicina, indo estudar na Síria. A data de seu nascimento, no 3 ° século, é incerta. Não se sabe ao certo as circunstâncias que os levaram a ter contato com o cristianismo.
       Reza a lenda que, por onde andavam, os gêmeos não cobravam pelos serviços que prestavam como médicos (daí serem chamados anárgiros, ou seja, "que não são comprados por dinheiro"), porque tinham como prioridade a conversão dos pagãos à fé cristã. Na verdade, eram outras riquezas que os atraíam.
       Devido ao fato de não se prostrarem diante de outros deuses, o governo imperial ordenou a prisão dos dois médicos, acusados de acérrimos inimigos dos deuses pagãos. Assim, morreram como mártires de Cristo em 303 d. C, aproximadamente.
      Cerca de 530 d.C., o imperador Justiniano, quando gravemente ferido, mandou construir, em Constantinopla, uma grande Igreja em honra desses mártires.

A verdade sobre Cosme e Damião
       É costume no catolicismo transformar centenas de cristãos sinceros, que se têm revelado ao longo da história da Igreja, em personagens de devoção religiosa para uma massa de fiéis que possui zelo de Deus mas nenhum conhecimento de sua palavra. Paulo disse em sua carta aos romanos: "Porque lhes dou testemunho de que têm zelo de Deus, mas não com entendimento (10.2).
       A consideração a que chegamos é que uma grande parcela dos fiéis, tanto do candomblé quanto do catolicismo, busca uma relação sincera com Deus. Mas, devido ao fato de terem aprendido, seja por amigos, familiares, ou pela doutrina da igreja católica, que Cosme e Damião podem influenciar a vida deles e a de seus filhos, recorrem, ao precisarem de ajuda, aos ensinamentos que ouviram. São sinceros no que fazem, por assim dizer, mas não agem "com entendimento".
       O ensinamento de que o homem deve recorrer aos mortos para receber ajuda é amplamente divulgado pelo espiritismo e outras seitas por todo o mundo. É costume entre os católicos afirmarem: "Por que as pessoas que foram tão boas não podem nos ajudar?".
       Para esclarecimento dos leitores, e em resposta às seitas, vejamos alguns motivos por que ninguém deve praticar consultas aos mortos:

1 - É proibida por Deus (Dt 18. 9-11);
2 - Quem faz isso, não possui luz nele (Is 8. 19-20);
3 - Os mortos não são nossos mediadores (1 Tm 2.5).

       Outros motivos dizem respeito ao fato de que não precisamos de seus auxílios. Vejamos porquê:

1 - Temos a confiança de que podemos nos aproximar diante de Deus e sermos socorridos pelo Senhor (Hb 4.16);
2 - Jesus é o nosso intercessor (1 Tm 2.5);
3 - Todo aquele que é nascido de novo pela fé é chamado santo (Rm 1.7; Ef 3.8; 4. 11-12);
4 - Cristo está o tempo todo intercedendo por nós (Hb 7.25).

        Quando recorremos ao auxílio de algum santo (neste caso, Cosme e Damião), isso implica que Cristo é insuficiente, tanto para salvar como para abençoar as nossas crianças e os profissionais da área da medicina.
        A oração é uma forma de culto. E foi o Senhor Jesus quem disse: "Ao Senhor teu Deus adorarás, e só a ele darás culto" (Mt 4.10). Não devemos ser levados por filosofias vãs (Cl 2.8), antes, prestar o nosso culto racional a Deus (Rm 12.1).
        Devemos, isso sim, nos desvencilhar dos preceitos de homens (Mc 7.7), para que não ofereçamos a Deus um culto vão (1 Co 10.19-20).

Sabe qual é a má notícia sobre Cosme e Damião: Eles não podem nos ajudar!

Sabe qual é a boa notícia a respeito de Cristo: Ele "é o caminho, a verdade e a vida" (Jo 14.6).

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Silas Malafaia responde a Edir Macedo e diz que os Pastores da Igreja Universal se vestem de branco para “dar passe” nos fiéis.

O Pastor Silas Malafaia respondeu sem citar nomes, no último fim de semana em seu programa de TV as acusações feitas pelo Bispo Edir Macedo de que 99% dos cantores evangélicos são endemoniados. Malafaia começou dizendo que “era pra rir” que os líderes da Igreja Universal falassem sobre o tema, pois “nem telhado de vidro eles tem nessa área”.
Citando Benny Hinn, Malafaia afirmou que antes era meio receoso com manifestações do Espírito Santo, mas que foi levado pelo também Pastor da Assembleia de Deus Bom Retiro, Jabes de Alencar, a um congresso no Canadá, onde ele viu manifestações que nunca imaginava serem possíveis: “O Benny Hinn estendeu a mão em direção ao estádio com mais de 20 mil pessoas e onde sua mão alcançou, pessoas caíram pelo poder de Deus”. Malafaia usou essa passagem como exemplo para expressar que “não é porque o Diabo se apropria de manifestações típicas do Espírito Santo que isso passa a pertencer a ele”.
O Pastor Malafaia seguiu confrontando o Bispo Macedo sobre as práticas da IURD ao questionar qual seria a diferença entre os rituais feitos nos cultos de sua Igreja e dos centros de macumba: “Qual a diferença do sal grosso de vocês, da arruda, da rosa ungida da sua igreja para o centro de macumba? Qual diferença dos pastores de branco dando passe nos outros?”.
Na sequência, Malafaia ressalta que os líderes da IURD “entendem um pouco de fé, oração e trabalho” porém “pensam que são expert’s em demônios”. Citando a passagem bíblica de Efésios 6: 10-12 em que o Apóstolo Paulo fala sobre as potestades demoníacas, disse que “esses demônios não incorporam pessoas, mas comandam a programação da TV de vocês”, numa crítica à programação da TV Record. Ainda nessa linha, Malafaia afirmou que a emissora paga salários de artistas com dinheiro de dízimos dos fiéis da IURD. Houve ainda uma revelação a respeito do reality show da Tv Record, “A Fazenda”, que segundo o Pastor Malafaia, antes do programa, aquele era um espaço voltado ao lazer dos Pastores da Igreja: “o lugar que era recreação de pastores virou fazenda”.
A extensa resposta do Pastor Silas Malafaia chegou também aos fiéis da Universal, que afirmou serem “gente salva que vai pro céu. Não falo da igreja, só dos líderes”. E dirigiu-se aos líderes da Universal perguntando se pra eles serem coerentes, eles iriam parar de tocar música gospel na Rede Aleluia: “Pra vocês serem coerentes, vão ter que parar de tocar música gospel na sua rede de rádios Fm”, afirmou o exaltado Pastor.
Encerrando sua resposta, citou Ana Paula Valadão e afirmou que já havia tido desavenças com ela, porém nunca a havia acusado e estava pronto para defendê-la, pois seria “uma menina de Deus”, e que como a Line Records estaria “dando prejuízo há anos”, segundo Malafaia, essa era uma tentativa de fazer os fiéis da Universal não comprarem os cd’s da cantora, que tem lançamentos pela gravadora Som Livre, das Organizações Globo, maior concorrente da Tv Record. No final, ainda ironizou a campanha “Fogueira Santa de Israel” promovida há anos pelo Bispo Edir Macedo na Universal: “Acho que de tanta fogueira santa, eles queimaram os neurônios…”

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

DIA 02 DE OUTUBRO - BATISMO NAS ÁGUAS E UM DIA DE DESCANSO NO SÍTIO EBENÉZER


VAMOS LEVANTAR UMA GERAÇÃO DE FILHOS LEGÍTIMOS RUMO AS CENTENAS! SHALOM

ESTAMOS SENDO PROFUNDAMENTE VISITADOS PELO ESPÍRITO SANTO!

Culto Poderoso neste domingo dia 18 de Setembro, fomos profundamente visitados pelo poder de Deus! O Senhor tem nos dados um tempo Lindo de Unção e Avivamento!
O Povo Recebeu muito neste dia, que Benção ver a Igreja Recebendo a Unção para Multiplicar!
O Pastor Márcio Silva Trouxe uma Linda Revelação nesta noite e Fomos muito Ministrados pelo Senhor!
Agora Vamos nos prepara para a FESTA DE SUCOT 2011
VENHA SER ABENÇOADO VOCÊ TAMBÉM!




SERÁ QUE ELES SÃO OS DONOS DA VERDADE, BISPO MACEDO DÁ "BANANA" PRA QUEM NÃO CONCORDA COM A SUA POSIÇÃO SOBRE OS CANTORES EVANGÉLICOS!


O Bispo Edir Macedo continuou seu ataque contra as doutrinas das igrejas pentencostais, como a Assembléia de Deus. Para o líder da Igreja Universal do Reino de Deus a forma como os frequentadores dessas igrejas recebem o Espírito Santo não vem de Deus, mas sim do diabo.
Na manhã desta quarta-feira, 14 de setembro, em seu programa no canal online da denominação, Macedo falou mais uma vez abertamente sobre o tema atacando-o veementemente de diversas novas formas. O Bispo levou para o programa especial com um cacho de bananas que ficou sobre a mesa e foi exibido durante todo o programa sobre o marketing de que “daqui a pouco eu vou dizer o que vou fazer com essas bananas”. Um dia antes Edir Macedo havia começado uma campanha em seu Twitter dando “bananas” para todos os críticos e evangélicos que não gostaram de suas últimas declarações, quando afirmou que a cantora e pastora Ana Paula Valadão seria uma endemoniada: “Olha, eu nem vou conseguir dormir de tão preocupado que estou com a opinião alheia! #BananaPraEles”
No programa, Macedo ligou veementemente a doutrina das igrejas pentencostais ao diabo e a bruxaria, além disso disse que faz a campanha não para se promover, pois já é famoso, mas sim “para mostrar a verdade”. Sobre as fortes críticas por anexar a imagem do Pastor Marco Feliciano e da cantora e pastora Ana Paula Valadão a suas pregações contra as manifestações do Espírito Santo, o Bispo falou sem citar nomes que “nós estamos colocando esses fatos e coisas terríveis, não é para criticar ou julgar a, b, ou c, estamos mostrando a verdade. Se essas pessoas não gostarem, paciência”, afirma.
Também foram lidos diversos testemunhos de fiéis da Igreja Universal que teriam sido frequentadores das igrejas pentecostais. Nos textos todos os fiéis que acreditavam nessa doutrina tinham “vida destruída, desgraçada” mas apesar de pecarem cometendo traição, sexo com diversos pessoas diferentes, serem alcoólatras e fumarem, ainda iam para a igreja, cantavam, tocavam no louvor e “falavam em linguas, caiam e rodopiavam”, como disse Edir Macedo.
O Bispo primaz da Igreja Universal ainda disse que só pode ajudar “quem quer ser ajudado”, porque segundo ele “tem gente que quer viver na vida desgraçada com mordomias e vantagens com o diabo”.
Ao final do programa Edir Macedo pegou o cacho de bananas e disse que a fruta é muito boa porque contém “muita potassa” e ofereceu a todos os presentes no estúdio.
Fonte: Gospel+

segunda-feira, 12 de setembro de 2011

ISTO É INACREDITÁVEL - O "REINO DE DEUS" DIVIDO, UNIVERSAL CRITICA OUTRAS DENOMINAÇÕES - VEJA O ABSURDO DESTES VÍDEOS!


OLHA O QUE CHEFE TEVE CORAGEM DE FALAR - QUE FALTA DE ÉTICA - DEUS TENHA MISERICÓRDIA!


ONDE É QUE VAMOS PARAR, SE ELES ESTÃO IMPLANTANDO O REINO DE DEUS, POR QUE ATACAM O PRÓPRIO REINO, SEM RESPEITO PELAS OUTRAS DENOMINAÇÃO, SERÁ QUE ELES TEM A VERDADE ÚNICA? VAMOS ORAR MINHA GENTE! SHALOM

quarta-feira, 7 de setembro de 2011

Missionária Lanna Holder critica os “crentes hipócritas” e afirma que diferente do que as igrejas pregam, não existe cura para gays


A missionária evangélica Lanna Holder ficou conhecida mundialmente por testemunhar que havia sido curada da homossexualidade. Deu palestras e promoveu o que seria a cura da homossexualidade em igrejas dos quatro cantos do mundo. Lanna acaba de protagonizar um episódio que abalou as estruturas evangélicas.
Ela se apaixonou por uma cantora gospel de renome nos Estados Unidos e se uniu à ela. A notícia de que ela voltou a ser homossexual abalou as estruturas de muitas igrejas que ouviram (e acreditaram) em seu primeiro testemunho de cura da homossexualidade. Junta com sua namorada, Lanna inaugurou em São Paulo a Comunidade Cidade de Refúgio, primeira denominação religiosa dirigida por um casal de lésbicas no Brasil. Hoje a missionária reconhece que nunca deixou de sentir atração sexual por mulheres e critica a postura das igrejas que, segundo ela, pregam uma libertação que não existe. Mesmo disposta a não falar mais de sua vida pessoal, já que se diz alvo de represálias de várias instituições evangélicas, ela aceitou receber a reportagem em seu escritório. Na ocasião, falou sobre a mentira em que viveu por anos devido à intolerância religiosa.
Antes você afirmava que a homossexualidade era possessão demoníaca e hoje se arrepende da visão que tinha. O que te fez mudar de opinião?
Quanto me converti, fui ensinada que a homossexualidade era uma maldição, então expunha para os fiéis da maneira que eu havia aprendido. Milhares de pessoas me procuravam para saber como eu havia deixado de ser lésbica e no fundo sabia que continuava gostando de mulheres. Eu professava aquela mentira na esperança de que um dia ela pudesse se tornar verdade na minha vida. Realmente lutei porque acreditava que iria mudar. Com o passar dos anos percebi que toda a teoria que eu pregava não surtia efeito em mim e muito menos nas multidões que se apoiavam na minha suposta cura. Resolvi deixar toda aquela vida falsa e mergulhei no estudo da teologia inclusiva, que considera a homossexualidade uma orientação, algo natural, sem nenhuma condenação de Deus.
Existem muitos gays mal resolvidos dentro das igrejas?
As igrejas evangélicas estão cheias de homossexuais tentando se curar em vão e por isso estão ficando doentes. O sucesso que eu fiz no passado se deve justamente ao grande número de gays evangélicos que se identificavam e se apoiavam no meu testemunho. Durante os cultos eles me procuravam deseseperados para dizer que estavam sofrendo e sendo discriminadas dentro da própria igreja e que precisavam de uma transformação. Atualmente recebo jovens traumatizados que foram expulsos de denominações evangélicas durante as reuniões porque eram afeminados.
O que você diria para as pessoas perderam anos de duas vidas acreditando nas coisas que você falava?
Eu olho para a minha história, para todas as coisas que eu dizia e lamento pelas pessoas que até se suicidaram, pessoas que geraram em seus corações uma expectativa de mudarem sua sexualidade e não conseguiram. Gente que achava que Deus me amava mais do que elas porque eu dizia que tinha sido liberta e não era verdade. Eu criei feridas no coração das pessoas e alimentei falsas expectativas. Tanta gente que, por minha causa, lutaram dentro das igrejas para deixarem de ser gays e não obteram exito. Peço perdão à todas essas pessoas. A igreja precisa acordar para esse erro que está comprometendo a vida de tanta gente.
Contantemente os evangélicos te atacam no meios de comunicação. Como você reage?
Eles sempre lançam pedras e me chamam de mentirosa. Eles não enxergam que eu deixei o vício das drogas, do cigarro e do álcool. O que Deus pôde transformar na minha vida ele transformou, a única coisa que continuou igual foi a minha sexualidade, que é algo intrínseco em mim e não pode ser mudado. Isso não é uma escolha, mas sim uma orientação. Quem escolheria sofrer e ter um bando de crente hipócrita lançando na cara da gente que somos uma maldição? Ninguém no mundo escolhe sofrer.
Qual recado você daria para aquelas pessoas que ainda estão tentando ser curadas?
Eu tenho 49 anos e a maior parte da minha vida, assim como a de tantos evangélicos, foi jogada fora. Fiquei dentro de um armário porque se eu assumisse quem realmente era não poderia pregar, ser missionária, e muito menos considerada crente. Tive que omitir e esconder a minha sexualidade, proferindo que havia sendo curada, para conseguir continuar exercendo o meu ministério. Isso não vale a pena, cansei disso.
Qual é a proposta da Comunidade Cidade de Refúgio?
Deus não faz acepção de pessoas. Essa nova igreja foi criada para desmistificar a postura equivocada dos cristãos e para receber aqueles que querem viver com Deus, mas que não são aceitos por sua condição sexual. Praticamente todos os membros que recebemos, são pessoas rejeitadas por igrejas evangélicas. Aqui os casais gays poderam viver em paz, pregar, cantar e exercer seus dons diante de Deus. Aqui podemos reconhecer que somos gays, somos cristãos e somos felizes. Nos sentimos completamente amados e aceitos por Deus.
Você passou por algum tipo de ritual de libertação?
Todos que você possa imaginar. Fiz intensas sessões de regressão e cura interior, me entreguei para todas essas propostas, mas obviamente nada fez com que eu deixasse de ser lésbica.
Como é a sua atual relação com a igreja evangélica e com a sua família que pertence à denominações tradicionais?
Hoje não tenho nenhuma proximidade com os evangélicos e eles não aceitam minha atual condição. Todas as igrejas que no passado me convidavam para pregar não se comunicam mais comigo. Qualquer tipo de aliança foi quebrada porque eles consideram a homossexualidade possessão, maldição hereditária e algumas até mesmo doença. Eles não concordam com a visão que passei a seguir e são completamente opostos ao que estou pregando atualmente. A minha família tem a mesma postura, precisei me desligar deles para viver esse novo ministério.
Você se tornou uma das celebridades mais rentáveis do meio gospel. Qual foi o destino dos produtos comercializados com o seu nome?
É inevitável que as vendas diminuam. Aqueles que compravam não compram mais. Como o preconceito da igreja evangélica continua cada vez maior, a primeira atitude deles foi retirar todos os produtos com meu nome de suas livrarias.
Como você conheceu sua atual companheira?
Conheci a cantora e pastora Rosania Rocha em Bonton, nos Estados Unidos, na Assenbléia de Deus, igreja onde congregávamos. Nós éramos muito conhecidas entre o evangélicos e começamos a nos encontrar em viagens para pregar e cantar, foi quando iniciou o envolvimento. Na época contamos para a liderança da igreja com o objetivo de nos separármos. Eles reagiram da pior maneira possível, trouxeram o assunto à público e fomos humilhadas por evagélicos no Brasil e nos Estados Unidos. Depois dessa situação, resolvemos nos separar de nossos maridos e nos unir.
Fonte: Mix Brasil
POSIÇÃO DO BLOG- É UMA VERGONHA DESCARADA ESTA SITUAÇÃO, ONDE VAMOS PARAR É O FIM DO MUNDO!

Suing the Devil: Filme cristão sobre homem que “processou o diabo” tem participação do Hillsong. Veja o vídeo


A obra australiana estrelada por Malcolm McDowell (ex-Laranja Mecânica), ”Suing the Devil – Processando o Diabo” estreado nos EUA no último dia 26 de agosto traz em seu enredo uma fundamentação de fé a qual leva até o tribunal uma batalha espiritual, que objetiva mostrar das armas utilizadas por satanás para tentar atingis a vida das pessoas.
A história oferece uma visão sobre a ameaça que é o espírito orgulhoso e mostra o lado do poder da oração e a vitória permanente através da fé em Cristo acima das forças “malignas”.
“II Coríntios 2:11 diz para não sermos ignorante sobre a estratégias do diabo (…) No entanto, a maioria dos cristãos são tão cego como um morcego.” comenta Tim Chey – escritor e diretor do longa.
No filme, Luke O’Brien (Bart Bronson), um zelador por se esforçar tornou-se estudante de direito no período noturno, e processou Satanás (Malcolm McDowell) a pagar US $ 8 trilhões. Satanás, que tem 10 dos melhores advogados do país em sua equipe jurídica, aparece em carne e osso para se defender no último dia antes de ter um julgamento a revelia por Luke. O mundo inteiro assiste a TV Jurídica para ver quem vai ganhar “o julgamento do século”.
Atuarão também no filme os atores Corbin Bernsen, Campos Shannen e Rebecca St. James (Desafiando Gigantes), Tom Sizemore e Roslyn Gentil. Além disso, contará com a participação especial do ministério de louvor Hillsong.
O filme ganhou uma indicação de uma conceituada Fundação ligada a revista Wired que escolheu os 5 melhores filmes que vão abalar o mundo e o verão nos EUA, no entanto ainda sem previsão para lançamento no Brasil, ele já tem gerado alguns comentários críticos como no blog ‘O contorno da sombra’: “com um único destaque irônico para o momento em que o capeta diz que a sua grande arma é o barulho… no caso do filme, só se for muito barulho por nada. Agora, se o filme chegar a ser lançado no Brasil, vamos ter um grande problema. O que vai ter de “pastor” processando o diabo por um punhado de dólares não é brincadeira…”.
Confira trailer do filme ‘ Processando o Diabo – Suing the Devil’:
Fonte: Gospel+

sexta-feira, 2 de setembro de 2011

CURSO CASADOS PARA SEMPRE - INICIO DIA 09 DE SETEMBRO - FAÇA JÁ A SUA INSCRIÇÃO



 Casados para Sempre

     Quando casamos somos chamados por Deus para a função de marido e esposa. É a unção d'Ele que nos capacita a cumprir o chamado, à medida que Ele nos dirige. O casamento foi planejado por Deus para ser um estado vibrante e dinâmico de amor que  cresce e se aprofunda cada vez mais. Com a direção de Deus podemos verdadeiramente caminhar de ¨glória em glória¨em nossa vida juntos como marido e mulher. O curso Casados Para Sempre enfoca o desejo do coração de Deus para o casamento numa área em que o mundo perdeu totalmente a visão.

     A VISÃO

    Deus primeiro nos mostrou Seu desejo com relação ao Casados Para Sempre, Ele o fez através de uma visão de milhões de luzes que cintilavam ao redor do mundo. Havia uma em cada quarteirão, uma em cada esquina. Deus falou que cada uma dessas luzes cintilantes representava um lar cristão cheio de poder onde a paz e a graça de Deus se irradiaria de tal forma que cada um seria um oásis para o mundo sedento em sua volta. Deus prometeu que Ele os levantaria no mundo inteiro. Estes lares seriam o produto de casais que buscassem a vontade de Deus para seus próprios relacionamentos de uma-só-carne e que desejassem ministrar a outros. Seriam casais que estariam revestidos com o poder de Deus para destruir as fortalezas do inimigo e libertar outros em nome de Jesus.
                                                                                     
                                                                                          Mike e Marilyn Phillipps

Como Funciona e Compromissos:

  • Cada grupo é composto por no máximo 07 casais, sendo 01 casal líder do grupo, outro casal líder em treinamento e 05 casais participantes.
  • O grupo se reúne por 14 semanas na residência do casal líder ou na igreja com a autorização do pastor, uma vez por semana.
  • Nas reuniões são ministradas as seguintes lições:
  1. ALIANÇA
  2. UMA-SÓ-CARNE
  3. PAPÉIS
  4. SEMEANDO E COLHENDO
  5. PERDÃO
  6. VISÃO DE FÉ E CONFIANÇA
  7. ORANDO JUNTOS
  8. ACORDO
  9. FLUINDO JUNTOS NO ESPÍRITO
  10. INTIMIDADE
  11. BATALHA ESPIRITUAL
  12. ESTILO DE VIDA
  13. MINISTÉRIO DE UMA-SÓ-CARNE
  14. REUNIÃO FINAL (FORMATURA)

A Cada Semana Temos:

  • Aula com duração de duas horas e meia
  • Tempo de comunhão (Louvor e Oração)
  • compartilhar (Não é obrigatório)
  • Um breve intervalo para café e água
  • Aplicação da lição (da semana)
  • Término

Regras:

  • Caso haja faltas, as aulas serão repostas antes da próxima
  • Em caso de desistência, nenhum casal pode unir-se ao grupo
  • Bebês e crianças não podem participar (momento especial para o casal)

Quem Pode Fazer o Curso:

  • Esse curso é para todos casados, divorciados, que mara juntos, de qualquer religião


quinta-feira, 1 de setembro de 2011

E SE PEDISSEM O SANGUE DO SEU FILHO!


IMAGINE SE FOSSE COM VOCÊ!
Imagine que é uma típica tarde de sexta - feira e você está  
dirigindo em direção à sua casa.Você sintoniza o rádio. O noticiário está falando de coisas de pouca importância.  
Você ouve que numa cidadezinha distante morreram 3 pessoas de uma gripe, até então, totalmente desconhecida. Não presta muita atenção ao tal acontecimento e esquece o assunto. Na segunda-feira, quando acorda, escuta que já não são 3, mas 30.000, as pessoas mortas pela tal gripe, nas colinas remotas da Índia. Um grupo do Controle de Doenças dos EUA foi investigar o caso. Na terça-feira, já é a notícia mais importante, ocupando a primeira página de todos os jornais, pois já não é só na Índia, mas também no Paquistão, Irã e Afeganistão.  
 
    Enfim, a notícia se espalha pelo mundo. Estão chamando a doença de " La Influenza Misteriosa ", e todos se perguntam: Que faremos para controlá-la?  
Então, uma notícia surpreende a todos: A Europa fecha suas fronteiras. A França não recebe mais vôos da Índia, nem de outros países dos quais se tenham comentado de casos da tal doença. Por causa do fechamento das fronteiras,você está ligado em todos os meios de comunicação, para manter-se informado da situação e, de repente, ouve que uma mulher declarou que num dos hospitais da França, um homem está morrendo por causa da tal "Influenza Misteriosa". Começa o pânico na Europa. As informações dizem que, quando você contrai o vírus, é questão de uma semana de vida. Em seguida, as pessoas têm 4 dias de sintomas horríveis e morrem. 
 
    A Inglaterra também fecha suas fronteiras, mas já é tarde. No dia seguinte, o presidente dos EUA fecha também suas fronteiras para Europa e Ásia, para evitar a entrada do vírus no país, até que encontrem a cura.No dia seguinte, as pessoas começam a se reunir nas igrejas, em oração pela descoberta da cura, quando, de repente, entra alguém na igreja, aos gritos: " Liguem o rádio! Liguem o rádio! Duas mulheres morreram em Nova York !".  
Em questão de horas, parece que a coisa invadiu o mundo inteiro.Os cientistas continuam trabalhando na descoberta de um antídoto, mas nada funciona. 
    De repente, vem a notícia esperada: conseguiram decifrar o código de DNA do vírus. É possível fabricar o antídoto! É preciso, para isso, conseguir sangue de alguém que não tenha sido infectado pelo vírus. 
  
   Corre por todo o mundo, a notícia de que as pessoas devem ir aos hospitais fazer análise de seu sangue e doar para a fabricação do antídoto.  
Você vai de voluntário com toda sua família, juntamente com alguns vizinhos, perguntando-se, o que acontecerá. Será este o final do mundo? De repente, o médico sai gritando um nome que leu em seu caderno. O menor dos seus filhos está ao seu lado, se agarra na sua jaqueta, e lhe diz: 
    Pai? Esse é meu nome!  
E antes que você possa raciocinar, estão levando seu filho, e você grita:  
"Esperem!"  
E eles respondem:  
"Tudo está bem! O sangue dele está limpo, e é sangue puro.  
  
   Achamos que ele tem o sangue que precisamos para o antídoto."  
Depois de 5 longos minutos, saem os médicos chorando e rindo ao mesmo tempo.  
E é a primeira vez que você vê alguém rindo em uma semana.O médico mais velho se aproxima de você e diz: - "Obrigado, senhor! O sangue de seu filho é perfeito, está limpo puro, o antídoto finalmente poderá ser fabricado."  
A notícia se espalha por todos os lados. As pessoas estão orando e rindo de felicidade. Nisso, o médico se aproxima de você e de sua esposa, e diz:  
-"Posso falar-lhes um momento? Não sabíamos que o doador seria uma criança e precisamos que o senhor assine uma autorização para usarmos o sangue de seu filho."  
  


    Quando você está lendo, percebe que não colocaram a quantidade de sangue que vão usar, e pergunta:  
"Mas, qual a quantidade de sangue que vão usar?"  
O sorriso do médico desaparece e ele responde:  
- "Não pensávamos que fosse uma criança. Não estávamos preparados...Precisamos de todo o sangue de seu filho..."Você não pode acreditar no que ouve e trata de contestar:"Mas...mas..."  
O médico insiste:  
-"O senhor não compreende? Estamos falando da cura para o mundo inteiro! Por favor, assine! Nós precisamos de todo o sangue!"  
Você, então, pergunta:-"Mas vocês não podem fazer-lhe uma transfusão?"E vem a resposta:"Se tivéssemos sangue puro, poderíamos. Assine! Por favor, assine!” Em silêncio, e sem ao menos poder sentir a caneta na mão, você assina.  
 
    Perguntam-lhe: -"Quer ver seu filho agora?"  
Ele caminha na direção da sala de emergência onde se encontra seu filho, que está sentado na cama, e ele diz: -"Papai!? Mamãe!? O que está acontecendo?"  
O pai segura na mão dele e fala: -"Filho, sua mãe e eu lhe amamos muito e jamais permitiríamos que lhe acontecesse algo que não fosse necessário, você entende?” O médico regressa e diz:-"Sinto muito senhor, precisamos começar, gente do mundo inteiro está morrendo, o senhor pode sair?"  
Nisso, seu filho pergunta: -"Papai? Mamãe? Por que vocês estão me abandonando?"  
E na semana seguinte, quando fazem uma cerimônia para honrar o seu filho, algumas pessoas ficam em casa dormindo, e outras não vêm, porque preferem fazer um passeio ou assistir um jogo de futebol na TV.   
  
   E outras veêm, mas como se realmente não estivessem se importando. Aí você tem vontade de parar e gritar:  
- MEU FILHO MORREU POR VOCÊS!!! NÃO SE IMPORTAM COM ISSO?  
Talvez isso é o que DEUS nos quer dizer:  
-MEU FILHO MORREU POR VOCÊS!!! NÃO SABEM O QUANTO EU OS AMO?  
É curioso como é simples para algumas pessoas debocharem de Deus, e dizer que não entendem como o mundo caminha de mal para pior. É curioso como acreditamos em tudo aquilo que lemos nos jornais, mas questionamos as palavras de Deus. É curioso como todos querem ir para o Céu, mas nada fazem para merecê-lo. É curioso como as pessoas dizem: "Eu creio em Deus!", mas com suas ações, mostram totalmente o contrário.